Os sinais de pontuação e os sinais gráficos auxiliares da escrita são usados na linguagem escrita e servem para:

  • Representar pausas, destaques, entonações e transmissão de sentimentos e intenções existentes na linguagem oral, marcando o ritmo de um texto.
  • Conferir à linguagem escrita uma maior clareza, coesão e coerência textual, de forma a esclarecer sentidos ambíguos e promover a fácil leitura e compreensão do texto escrito.

Conheça todos os sinais de pontuação e os sinais gráficos de escrita:

Ponto final [.]

O ponto final é usado no final das frases declarativas e imperativas para marcar uma pausa total.

Exemplos de uso do ponto final:

  • A Helena vai trazer o bolo da festa.
  • As comemorações começarão amanhã.

Veja outros exemplos e usos do ponto final.

Ponto de interrogação [?]

O ponto de interrogação é um sinal de pontuação usado apenas em frases interrogativas diretas. É usado para indicar uma pergunta.

Exemplos de uso do ponto de interrogação:

  • Que horas são?
  • Você vem comigo?

Leia também sobre outros usos do ponto de interrogação.

Ponto de exclamação [!]

O ponto de exclamação é usado em frases exclamativas para indicar admiração, alegria, raiva,… É também usado em frases imperativas para indicar uma ordem.

Exemplos de uso do ponto de exclamação:

  • Parabéns! 
  • Já chega!

Leia também sobre outros usos do ponto de exclamação.

Vírgula [,]

A vírgula é usada para separar elementos. Separa alguns termos dentro de uma oração e separa também orações dentro de um período. 

Exemplos de uso da vírgula:

  • Eu já comprei queijo, presunto, pão e refrigerante.
  • Se seu pai chegar cedo, iremos ao shopping jantar.

Veja mais exemplos e regras para o uso da vírgula.

Ponto e vírgula [;]

O ponto e vírgula (;) é usado para indicar uma pausa num período frásico que ainda não acabou, sendo usado principalmente em itens enumerados, orações extensas, conjunções adversativas e orações sindéticas.

Exemplos de uso do ponto e vírgula:

  • As imposições feitas pelos trabalhadores foram: direito a pelo menos uma folga semanal fixa; direito a duas horas para almoço; direito à formação anual.
  • Sempre te defendi e te apoiei; não esperava, portanto, que tu me enganasses dessa forma.

Veja também outros exemplos com ponto e vírgula.

Dois pontos [:]

Os dois pontos marcam uma pequena suspensão no ritmo de uma frase não concluída. É usado para introduzir uma enumeração, o discurso direto, uma citação, um esclarecimento e um exemplo, entre outros.

Exemplos de uso do dois pontos:

  • Descartes declarou: “Penso, logo existo”.
  • Você precisa comprar: tecidos de várias cores, linha prateada, tesoura para tecido e agulhas resistentes.

Veja também outros exemplos com dois pontos.

Travessão [—]

O travessão é usado, principalmente, para introduzir uma fala no discurso direto. Pode ser usado também para separar uma oração intercalada da oração principal.

Exemplos de uso do travessão:

  • — Você vem agora? — perguntou Paulo.
  • — Não, apenas saio daqui a meia hora. — respondeu Patrícia.
  • — Ok, eu espero!

Aprenda outros usos e como fazer o travessão.

Reticências [...]

As reticências são usadas, principalmente, para indicar uma suspensão ou interrupção na frase ou na ação, que permanece inacabada ou se prolonga no tempo. Podem ser usadas também para transmitir insegurança, dúvida, suspense,…

Exemplos de uso das reticências:

  • Vou fazer diversas melhorias nesta casa: lixar e pintar paredes, trocar a canalização, mudar o pavimento, reforçar estruturas, envernizar o corrimão das escadas,…
  • Nada se resolvia e as horas iam passando…

Veja também outros exemplos de uso das reticências.

Parênteses [( )]

Os parênteses são usados para introduzir uma informação acessória

Exemplos de uso dos parênteses:

  • Os artigos sofrem flexão em gênero (masculino e feminino) e em número (singular e plural).
  • Ele insistiu (mas ninguém acreditou) que foi considerado o melhor aluno da escola.

Saiba como fazer a pontuação de uma frase com parênteses.

Hífen [-]

O hífen indica, maioritariamente, união semântica entre duas palavras. Existem diversas regras para o seu uso. É usado em variadas situações: substantivos compostos, palavras formadas por derivação prefixal, locuções, colocação pronominal, divisão silábica, translineação e encadeamentos vocabulares.

Exemplos de uso do hífen:

  • terça-feira;
  • matéria-prima;
  • bem-humorado;
  • micro-ondas;
  • Amo-te!

Veja também as alterações no uso do hífen trazidas pelo novo acordo ortográfico.

Barra oblíqua [/]

A barra oblíqua é usada tanto para separar, como para juntar conceitos relacionado. Pode ser usada para separa tanto palavras, como números, em situações específicas.

Exemplos de uso da barra oblíqua:

  • Você pode escolher carne e/ou peixe.
  • Não ultrapasse 120km/h.
  • 07/07/2014

Leia também sobre outros usos da barra oblíqua.

Aspas [“ ”]

As aspas são usadas para destacar uma parte do texto, como citações, transcrições, nomes de obras literárias, palavras estrangeiras,…
 
Exemplos de uso das aspas
:

  • Você sabe quem disse: “Vim, vi e venci”?
  • Estou lendo “Mar Morto”, de Jorge Amado.

Veja mais exemplos do uso das aspas e das aspas simples.

Colchetes [ [ ] ]

Os colchetes são usados, principalmente, para indicar uma citação incompleta. São usados também nas transcrições fonéticas.

Exemplos de uso dos colchetes:

  • “[…] hei de espalhar meu canto / E rir meu riso e derramar meu pranto […]”
  • Carro ['karu] e caro ['kaɾu].

Leia também sobre outros usos dos colchetes.

Chaves ou chavetas [{}]

As chaves ou chavetas são usadas para reunir diversos itens com relações entre si na formação de um conjunto. No português, são usadas para representar morfemas. São também muito usadas na matemática.

Exemplos de uso das chaves ou chavetas:

  • O radical do verbo encontrar é {encontr-}.
  • Múltiplos de 3: {0, 3, 6, 9, 15, 18, 21, 24,… }

Saiba mais sobre chaves ou chavetas.

Parênteses quebrados ou angulares [< >]

Os parênteses quebrados ou angulares são usados, principalmente, na representação dos grafemas de uma palavra. São também utilizados em bibliografias, na indicação das fontes de uma consulta na Internet.

Exemplos de uso dos parênteses quebrados ou angulares:

  • O grafema < x > representa diversos fonemas.
  • Aliteração, < http://www.normaculta.com.br/aliteracao/>, com acesso em 25 de julho de 2017

Leia também sobre outros usos dos parênteses quebrados ou angulares.

Asterisco [*]

O asterisco é usado, principalmente, para fazer a indicação de uma nota de rodapé ou remissão.

Exemplo de uso do asterisco:

  • A população brasileira é de quase 191 milhões de habitantes*.
  • *De acordo com o censo demográfico de 2010, realizado pelo IBGE.

Leia também sobre outros usos do asterisco.

Meia-risca ou meio-traço [–]

A meia-risca ou meio-traço une elementos que se encontram enumerados numa série, indicando o intervalo que existe entre o primeiro e o último elemento.

Exemplos de uso da meia-risca ou meio-traço:

  • 1500¬–1550;
  • D–L.

Saiba como fazer a meia-risca ou meio-traço.

Parágrafo [§]

Um parágrafo é uma unidade de sentido inserida dentro de um texto. Engloba um conjunto de frases que se estruturam em torno de um grupo de ideias.

Num texto, os parágrafos identificam-se com um espaçamento na sua primeira linha, não sendo usado o sinal gráfico de parágrafo. Este sinal tem pouco uso, sendo usado maioritariamente na designação de artigos de leis.

Saiba mais sobre parágrafos em textos.

Alínea [a)]

A alínea é uma forma de estruturação da informação. Através do seu uso, a informação fica divida em subtópicos.

Exemplo de uso da alínea:
Os termos acessórios da oração são:
a) Adjunto adnominal;
b) Adjunto adverbial;
c) Aposto.

Veja também outros tipos de alínea.

Exercícios com sinais de pontuação

Já aprendeu tudo sobre pontuação? Verifique os conhecimentos aprendidos, realizando os exercícios propostos no artigo Sinais de pontuação: exercícios. No final, há gabarito com as respostas corretas.