Travessão

O travessão é um sinal de pontuação usado, maioritariamente, no início das falas no discurso direto. É também usado para substituir a vírgula ou os parênteses em orações intercaladas ou no destaque de alguma parte da frase.

Travessão no discurso direto

Nos discursos diretos, o travessão indica quando começa a fala de uma personagem, quando há mudança de interlocutores e quando há mudança para o narrador através de um verbo de elocução, ou seja, através de verbos que anunciam o discurso, como: dizer, perguntar, responder, comentar, entre outros.

  • — Que horas são, por favor? — perguntou o desconhecido.
  • — São onze horas. — respondeu a senhora.
  • — Obrigado!

Travessão nas orações intercaladas

Nas orações intercaladas, o travessão pode substituir a vírgula ou os parênteses, separando-as da oração principal.

  • Há quem o faça — mas não o aconselha — por isso não o farei.
  • Eles dizem — embora ninguém acredite — que são de confiança.

Travessão para criar destaque

No destaque de alguma parte da frase, o travessão realça uma informação sobre um elemento da frase, principalmente quando aparece no fim da mesma. O travessão também serve para destacar o aposto.

  • Ele está fazendo o possível e o impossível para concretizar seu objetivo — ficar com minha vaga dentro da empresa.
  • Aquelas duas meninas — a Camila e a Tatiana — ficaram ajudando no fim da festa.

Como se faz o travessão?

Existem três formas diferentes para fazer o travessão no teclado do computador.

Opção 1: Alt + 0151
Opção 2: Ctrl + Alt + - (teclado numérico)
Opção 3: AltGr - (teclado numérico)

Travessão, hífen e meia-risca

Não devemos confundir o travessão com o hífen ou com a meia-risca. 

O travessão é um sinal de pontuação e é mais longo do que o hífen e do que a meia-risca, que são sinais gráficos complementares.

— travessão
– meia-risca
- hífen

Saiba mais sobre o hífen e a meia-risca.

Veja também