Ponto e vírgula

O ponto e vírgula (;) é um sinal de pontuação intermediário entre o ponto e a vírgula. Indica uma pausa ao mesmo tempo que indica que o período frásico ainda não acabou. É usado nos seguintes casos:

Itens enumerados

O ponto e vírgula é usado na separação de itens enumerados, sendo frequente sua utilização em leis.

Exemplos:

Serão abrangidas pelas medidas enunciadas neste decreto as pessoas que cumpram os seguintes requisitos:

a) Ter nacionalidade brasileira;
b) Ser maior de idade;
c) Ter formação superior;
d) Ser portador de deficiência.

Orações extensas

O ponto e vírgula é usado na separação de orações extensas e relacionadas entre si, principalmente quando já subdivididas com vírgulas.

Exemplos:

  • Dos autores brasileiros, homenagearam Cecília Meireles; dos portugueses, Eugênio de Andrade; dos moçambicanos, Mia Couto.
  • Dos vinte funcionários da empresa, dezoito concordaram com as propostas da direção; os restantes discordaram.
  • Gosto de cantar; minha irmã, de dançar.

Conjunções adversativas

É também usado na separação de conjunções adversativas, podendo, assim, substituir a vírgula.

Exemplos:

  • Pensei que conseguiria terminar o trabalho esta semana; porém, só o terminarei semana que vem.
  • Estarei presente na reunião; contudo, não concordo com as decisões que serão comunicadas.

Orações sindéticas

O ponto e vírgula é usado ainda na separação de orações sindéticas, quando o verbo estiver antes da conjunção.

Exemplos:

  • Nunca fui boa aluna a matemática; esperava, contudo, passar de ano.
  • Sempre acreditei em você; esperava, portanto, que você cumprisse o combinado.

Veja também