A vírgula é um sinal de pontuação que marca uma pequena pausa. Separa elementos dentro de uma oração e orações dentro de um período. Muitos consideram o uso da vírgula confuso por ser flexível em alguns casos.

Uso da vírgula para separar elementos dentro de uma oração

A vírgula separa elementos coordenados em enumerações com a mesma função sintática, quando não separados pelas conjunções e, ou, nem.

Exemplos:

  • Ana, Carolina, Joana e Luísa foram promovidas pelo diretor da empresa.
  • Vou comprar ovos, farinha, açúcar e leite para fazer um bolo.

A vírgula separa elementos com função sintática diferente, realçando-os:

- Isola o aposto e outros elementos explicativos.

Exemplos:

  • Júlia, a melhor aluna da turma, passou de ano com notas altíssimas.
  • D. Alice, a vizinha do terceiro andar, está vendendo seu apartamento.

- Isola o vocativo, inclusivamente o vocativo inicial de cartas e comunicações.

Exemplos:

  • Ó Pedro, você pode parar com esse barulho todo?
  • Venha, Filipe, está na hora de dormir.
  • Prezados senhores,

- Isola os advérbios sim e não, quando iniciam uma oração dando uma resposta, se referindo à oração anterior.

Exemplos:

  • Sim, vocês podem contar com nossa ajuda.
  • Não, não será possível concluir essa tarefa atempadamente.

- Numa data, isola o nome do lugar.

Exemplos:

  • Rio de Janeiro, 18 de fevereiro de 2014.
  • Ouro preto, 31 de março de 2013.

- Isola um elemento pleonástico que vem antes do verbo.

Exemplos:

  • Os docinhos da festa, minha mãe os fará hoje.
  • Os mais temerosos, o sargento os receberá com um discurso motivador.

- Pode isolar o adjunto adverbial no início ou meio da oração, sendo dispensável quando o adjunto adverbial for apenas um advérbio.

Exemplos:

  • Calma e discretamente, ela lutou por seus direitos.
  • Ela, calma e discretamente, lutou por seus direitos.
  • Minha mãe jamais perdoará sua atitude.

- Isola elementos repetidos.

Exemplos:

  • Estou com muita, muita, muita fome!
  • A vitória será minha, minha, minha!

- Indica a supressão de uma palavra, normalmente do verbo.

Exemplos:

  • Eu comi sorvete de morango; minha irmã, de chocolate.
  • Tenho aulas de manhã; meu irmão, de tarde.

- Isola expressões intercaladas na oração, como: por exemplo, contudo, todavia, além disso, logo, enfim,…

Exemplos:

  • Os alunos, contudo, não estudaram para o teste.
  • Será necessário, por exemplo, um novo computador.

Uso da vírgula para separar orações dentro de um período

A vírgula separa orações coordenadas assindéticas, ou seja, orações que não estão ligadas através de conjunções, mas sim através de uma pausa.

Exemplos:

  • Meu filho não quer trabalhar, nem estudar, nem ser independente.
  • Quero aproveitar a vida, conviver com amigos, estar com a família, ser feliz.

A vírgula separa orações coordenadas sindéticas, ou seja, orações que estão ligadas através de conjunções, quando não introduzidas pela conjunção e.

Exemplos:

  • Ora você gosta de mim, ora não gosta.
  • Eu queria ir à festa, mas minha mãe não deixou.

A vírgula isola orações intercaladas, bem como orações subordinadas adjetivas explicativas.

Exemplos:

  • O principal, salientou a professora, é que façam a prova com calma e concentração.
  • Minha irmã, que sempre foi minha melhor amiga, não consegue entender meus problemas atuais.

A vírgula separa orações subordinadas adverbiais antepostas, bem como orações reduzidas do gerúndio, particípio e infinitivo que equivalem a orações adverbiais

Exemplos:

  • Se fizer sol, iremos à praia.
  • Fazendo sol, iremos à praia.

Usa da vírgula antes da conjunção e

A vírgula pode ser usada antes da conjunção e quando:

- As orações coordenadas possuírem sujeitos distintos.

Exemplos:

  • Eu permaneci na escola, e ele foi estudar fora.
  • Maria fez o almoço, e Aline tomou conta das crianças.

- A conjunção e for usada repetidamente para transmitir ênfase.

Exemplos:

  • A empregada aspirou, e limpou, e consertou, e arrumou, e organizou toda a casa.
  • Deus criou o mundo, e a natureza, e os animais, e o homem, e a mulher.

- A conjunção e não transmitir uma noção de adição, mas sim um valor diferente.

Exemplos:

  • Ela fez uma dieta intensa, e mesmo assim não conseguiu emagrecer.
  • O funcionário foi exemplar, e ainda assim não foi promovido.

Quando não se usa a vírgula

Os elementos principais de uma oração nunca são separados por vírgulas quando se encontram seguidos na oração, ou seja, não se usa vírgula entre o sujeito e o predicado, entre o verbo e seus objetos, entre o objeto direto e o objeto indireto,…

Exemplos:

  • Marcelo deu um sorvete ao filho.
  • O filho comprou uma casa para o pai.