Substantivos são palavras que nomeiam seres, lugares, qualidades, sentimentos, noções, entre outros. Podem ser flexionados em gênero (masculino e feminino), número (singular e plural) e grau (diminutivo, normal, aumentativo).

Os substantivos atuam sempre como núcleo das funções sintáticas onde estão inseridos (núcleo do sujeito, núcleo do objeto direto, núcleo do objeto indireto e núcleo do agente da passiva).

Exemplos de flexão dos substantivos:

  • Substantivo no masculino: homem
  • Substantivo no feminino: mulher
  • Substantivo no singular: escola
  • Substantivo no plural: escolas
  • Substantivo no grau diminutivo: gatinho
  • Substantivo no grau normal: gato
  • Substantivo no grau aumentativo: gatarrão

Exemplos das funções sintáticas dos substantivos:

  • Núcleo do sujeito: O carro preto é novo.
  • Núcleo do objeto direto: Mirim esperava a irmã mais nova.
  • Núcleo do objeto indireto: O aluno respondeu à pergunta da professora.
  • Núcleo do agente da passiva: O almoço foi feito pela avó paterna.

Classificação dos substantivos

Os substantivos podem ser classificados em:

Substantivo simples: São substantivos formados por apenas um radical.

  • amor;
  • casa;
  • felicidade;
  • livro;
  • roupa.

Substantivo composto: São substantivos formados por dois ou mais radicais, podendo ocorrer composição por justaposição ou composição por aglutinação.

Exemplos de composição por justaposição:

  • arco-íris;
  • beija-flor;
  • malmequer;
  • passatempo;
  • segunda-feira.

Exemplos de composição por aglutinação:

  • aguardente;
  • fidalgo;
  • planalto;
  • vinagre.

Veja também: Diferenciação entre substantivos simples e compostos.

Substantivo primitivo: São substantivos cuja origem reside em palavras de outras línguas (latim, árabe, grego, francês, inglês,…). Os substantivos primitivos originam os substantivos derivados.

  • algodão (do árabe al-qutun);
  • chuva (do latim pluvial);
  • folha (do latim folia);
  • pedra (do grego pétra);
  • quilo (do grego khylós).

Veja também: Exemplos de substantivos primitivos.

Substantivo derivado: São substantivos que derivam de substantivos primitivos existentes na língua portuguesa, podendo ocorrer derivação prefixal, derivação sufixal, derivação parassintética, derivação regressiva e derivação imprópria.

  • açucareiro;
  • chuvada;
  • território;
  • jardinagem;
  • livraria.

Veja também: Tipos de derivação no português.

Substantivo comum: São substantivos que nomeiam genericamente, sem especificar, seres da mesma espécie, que partilham características comuns.

  • mãe;
  • uva;
  • computador;
  • papagaio;
  • planeta.

Veja também: Exemplos de substantivos comuns.

Substantivo próprio: São substantivos escritos com letra maiúscula que nomeiam seres individuais e específicos. Estes substantivos particularizam os seres dentro de sua espécie, distinguindo-os dos restantes.

  • Brasil;
  • Carnaval;
  • Flávia;
  • Nilo;
  • Serra da Mantiqueira.

Veja também: Exemplos de substantivos próprios.

Substantivo coletivo: São substantivos que, escritos no singular, indicam um conjunto de coisas ou de seres da mesma espécie.

  • arquipélago (conjunto de ilhas);
  • cardume (conjunto de peixes);
  • constelação (conjunto de estrelas);
  • pomar (conjunto de árvores de fruto);
  • rebanho (conjunto de ovelhas).

Veja também: Lista de substantivos coletivos.

Substantivo concreto: São substantivos que nomeiam seres com existência própria, como objetos, pessoas, animais, vegetais, minerais, lugares, …

  • mesa;
  • chuva;
  • Felipe;
  • cachorro;
  • samambaia.

Veja também: Exemplos de substantivos concretos.

Substantivo abstrato: São substantivos que nomeiam conceitos, conceptualizações abstratas e realidades imateriais, como qualidades, noções, estados, ações, sentimentos e sensações de outros seres.

  • amor;
  • calor;
  • beleza;
  • pobreza;
  • crescimento.

Veja também: Exemplos de substantivos abstratos.

Substantivo comum de dois gêneros: São substantivos que apresentam uma só forma para o gênero masculino e o gênero feminino.

  • o estudante / a estudante;
  • o jovem / a jovem;
  • o artista / a artista.

Veja também: Lista de substantivos comuns de dois gêneros.

Substantivo sobrecomum: São substantivos que nomeiam pessoas e apresentam um só gênero para o masculino e o feminino.

  • a vítima;
  • a pessoa;
  • a criança;
  • o gênio;
  • o indivíduo.

Veja também: Lista de substantivos sobrecomuns.

Substantivo epiceno: São substantivos que nomeiam animais e apresentam um só gênero para o masculino e o feminino.

  • a baleia;
  • o besouro;
  • o crocodilo;
  • a formiga;
  • a mosca.

Veja também: Lista de epicenos.

Substantivo de gênero vacilante: São substantivos que apresentam oscilação de gênero. Em alguns casos, ambos os gêneros são considerados corretos. Em outros, é recomendado o uso do gênero feminino ou do gênero masculino.

  • o personagem / a personagem;
  • o caudal / a caudal;
  • o sabiá / a sabiá;
  • a agravante;
  • a dinamite;
  • a sentinela;
  • o champanha;
  • o apêndice;
  • o guaraná.

Veja também: Lista de substantivos de gênero vacilante.

Substantivo de dois números: São substantivos que apresentam uma só forma para o singular e para o plural.

  • o lápis / os lápis;
  • o tórax / os tórax;
  • a práxis / as práxis.

Veja também: Exemplos de substantivos de dois números.

Atenção!
Existem substantivos que mudam de significado com a mudança de gênero.

Exemplos:

  • Minhacabeça está doendo. (crânio)
  • Tiago é o cabeça da turma. (líder)
  • Ocapitalfinanceiro da empresa está em risco. (patrimônio)
  • Brasília é acapital do Brasil. (metrópole)