Substantivo indica uma das dez classes de palavras ou classes gramaticais. Esta classificação está relacionada com uma análise morfológica das palavras.

O que é um substantivo?

Um substantivo é uma palavra que nomeia um ser, um lugar, uma qualidade, um sentimento, uma noção, entre outros.

Exemplos de substantivos

  • livro;
  • irmão;
  • chuveiro;
  • computador;
  • bicicleta;
  • cachorro;
  • azeitona;
  • açucareiro;
  • arco-íris;
  • beija-flor;
  • quarta-feira;
  • alegria;
  • saudade;
  • ideia;
  • fome;
  • visão;
  • imagem;
  • enxame;
  • cacho;
  • pomar;
  • turma;
  • júri;
  • Brasil;
  • Natal;
  • Curitiba.

Função sintática dos substantivos

Os substantivos atuam sempre como núcleo das funções sintáticas onde estão inseridos:

  • núcleo do sujeito;
  • núcleo do objeto direto;
  • núcleo do objeto indireto;
  • núcleo do agente da passiva.

Exemplos das funções sintáticas dos substantivos

Substantivos como núcleo do sujeito:

  • O carro preto é novo.
  • A minha saia nova está rasgada.

Substantivos como núcleo do objeto direto:

  • Mirim esperava a irmã mais nova.
  • Ontem eu vi um filme assustador.

Substantivos como núcleo do objeto indireto:

  • O aluno respondeu à pergunta da professora.
  • Ele não quis obedecer ao irmão mais velho.

Substantivos como núcleo do agente da passiva:

  • O almoço foi feito pela avó paterna.
  • A reclamação foi escrita pelo professor de ciências.

Saiba mais sobre função e análise sintática.

Classificação dos substantivos

Existem diversos tipos de substantivos, conforme as características que apresentam.

Substantivo simples Substantivo composto
cavalo
couve
matéria
ano
cachorro
cavalo-marinho
couve-flor
matéria-prima
ano-luz
cachorro-quente
Substantivo primitivo Substantivo derivado
chuva
folha
pedra
fogo
açúcar
chuvisco
folhagem
pedregulho
fogaréu
açucareiro
Substantivo concreto Substantivo abstrato
tapete
tartaruga
vento
sereia
goiaba
beleza
ilusão
calor
tamanho
amor
Substantivo comum Substantivo próprio Substantivo coletivo
garoto
porta
tucano
cidade
tempestade
Renata
Solange
Argentina
Pernambuco
Tietê
constelação
esquadrilha
frota
cáfila
manada
Substantivo comum de dois gêneros Substantivo sobrecomum Substantivo epiceno
o colega - a colega
o fã - a fã
o jovem - a jovem
o jurista - a jurista
o policial - a policial
o neném
a testemunha
o cônjuge
a vítima
a criatura
o chimpanzé
a cobra
o jacaré
a onça
o tatu

Saiba tudo sobre os diferentes tipos de substantivos.

Flexão dos substantivos

Os substantivos são palavras variáveis, sofrendo flexão em gênero, número e grau.

Substantivo no masculino: homem
Substantivo no feminino: mulher
Substantivo no singular: escola
Substantivo no plural: escolas
Substantivo no grau diminutivo: gatinho
Substantivo no grau normal: gato
Substantivo no grau aumentativo: gatarrão

Flexão em gênero

Os substantivos sofrem flexão em gênero, podendo estar no masculino ou no feminino.

No masculino, os substantivos são precedidos pelos artigos o, um,…
No feminino, os substantivos são precedidos pelos artigos a, uma,…

Substantivos no masculino Substantivos no feminino
o amigo
os médicos
um presente
uns telefonemas
este problema
esse engarrafamento
aquele pedido
a menina
as juízas
uma prateleira
umas almofadas
esta proprietária
essa decisão
aquela vivência

Existem substantivos que apresentam formas diferentes para o gênero masculino e para o gênero feminino:

  • o homem - a mulher;
  • o cavalo - a égua;
  • o senhor - a senhora;
  • o alemão - a alemã;
  • o comilão - a comilona;
  • o ator - a atriz.

Existem substantivos que apresentam a mesma forma para o gênero masculino e para o gênero feminino:

  • o estudante - a estudante;
  • o pianista - a pianista;
  • o paciente - a paciente;
  • a pessoa;
  • a criança;
  • o indivíduo.

Existem ainda substantivos que mudam de significado com a mudança de gênero:

  • Minha cabeça está doendo. (crânio)
  • Tiago é o cabeça da turma. (líder)
  • O capital financeiro da empresa está em risco. (patrimônio)
  • Brasília é a capital do Brasil. (metrópole)

Leia e compreenda as regras de formação do feminino.

Flexão em número

Os substantivos sofrem flexão em número, podendo estar no singular ou no plural.

No singular, os substantivos indicam apenas um objeto ou ser.
No plural, os substantivos indicam dois ou mais objetos ou seres.

Substantivos no singular Substantivos no plural
livro
música
mentira
colar
coração
convite
estrela
pincel
bombom
livros
músicas
mentiras
colares
corações
convites
estrelas
pincéis
bombons

A formação do plural é feita, maioritariamente, pela junção de -s à palavra no singular.

Existem, contudo, algumas regras específicas que diferem dessa regra principal:

  • rapaz - rapazes;
  • lençol - lençóis;
  • irmão - irmãos;
  • avião - aviões;
  • réptil - répteis;
  • nuvem - nuvens;
  • saber - saberes.

Também o plural dos substantivos compostos segue regras diferentes:

  • sexta-feira - sextas-feiras;
  • matéria-prima - matérias-primas;
  • quebra-cabeça - quebra-cabeças;
  • ex-namorado - ex-namorados;
  • elemento-chave - elementos-chave;
  • decreto-lei - decretos-lei.

Leia e compreenda a formação do plural dos substantivos simples, bem como a formação do plural dos substantivos compostos.

Flexão em grau

Os substantivos sofrem flexão em grau, podendo estar no diminutivo, no aumentativo ou no grau normal.

No grau normal, os substantivos indicam o tamanho normal de um objeto ou ser
No grau diminutivo, os substantivos indicam o tamanho diminuído de um objeto ou ser.
No grau aumentativo, os substantivos indicam o tamanho aumentado de um objeto ou ser.

Substantivos no grau diminutivo Substantivos no grau normal Substantivos no grau aumentativo
vozinha
cabecinha
mãozinha
mulherzinha
foguinho
montículo
febrícula
barraquinha
voz
cabeça
mão
mulher
fogo
monte
febre
barraca
vozeirão
cabeçorra
manápula
mulheraça
fogaréu
montanha
febrão
barracão

Veja exemplos e compreenda a formação do grau diminutivo dos substantivos e do grau aumentativo dos substantivos.

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.