Os substantivos podem ser classificados em simples e compostos.

Substantivo simples: matéria
Substantivo composto: matéria-prima

O que é um substantivo simples?

Substantivos simples são aqueles que são formados por apenas um radical, que é o morfema que define o significado principal da palavra.

Tanto podem ser palavras primitivas (feliz), quanto palavras derivadas (felicidade), ou seja, podem apresentar prefixos e sufixos, desde que apresentem apenas um radical.

Exemplos de substantivos simples:

  • amor;
  • árvore;
  • casa;
  • chuveiro;
  • dinheiro;
  • felicidade;
  • florista;
  • livro;
  • roupa;
  • venda;
  • passeio;
  • fome;
  • calor;
  • amizade;
  • capim;
  • colher;
  • panela;
  • cachorrinho;
  • baleia;
  • formiga;
  • mamão;
  • maçã;
  • carne;
  • bancário;
  • professor.

Para mais exemplos e frases, veja também substantivo simples.

O que é um substantivo composto?

Substantivos compostos são aqueles que são formados por dois ou mais radicais, ou seja, quando ocorre a junção de dois elementos lexicais diferentes, que transmitem à palavra dois significados básicos distintos.

A maior parte dos substantivos compostos são escritos com um hífen a separar os dois radicais da palavra (quinta-feira), mas também podem ser escritos sem o hífen, com os dois radicais juntos (paraquedas).

Exemplos de substantivos compostos:

  • segunda-feira;
  • arco-íris;
  • cachorro-quente;
  • cavalo-marinho;
  • cor-de-rosa;
  • decreto-lei;
  • primeiro-ministro;
  • ano-luz;
  • guarda-chuva;
  • porta-chaves;
  • guarda-noturno;
  • bate-papo;
  • quebra-cabeça;
  • bem-te-vi;
  • peixe-espada;
  • vaivém;
  • girassol;
  • pontapé;
  • aguardente;
  • passatempo;
  • mandachuva;
  • dessarte;
  • vinagre;
  • planalto;
  • paraquedas.

Formação dos substantivos compostos

Os substantivos compostos são formados a partir dos substantivos simples, havendo dois processos linguísticos de composição:

  • a composição por justaposição;
  • a composição por aglutinação.

Substantivos compostos formados por justaposição

Na composição por justaposição, ocorre a junção de dois ou mais radicais, sem que haja alteração desses elementos formadores.

  • amor-perfeito (amor + perfeito);
  • beija-flor (beija + flor);
  • guarda-chuva (guarda + chuva);
  • peixe-espada (peixe + espada);
  • saca-rolhas (saca + rolhas);
  • quarta-feira (quarta + feira);
  • roda-viva (roda + viva);
  • couve-flor (couve + flor);
  • malmequer (mal + me + quer);
  • passatempo (passa + tempo);
  • pontapé (ponta + pé);
  • paraquedas (para + quedas);
  • madrepérola (madre + pérola);
  • girassol (gira + sol);
  • mandachuva (manda + chuva).

Substantivos compostos formados por aglutinação

Na composição por aglutinação, ocorre a fusão de dois ou mais radicais, havendo alteração de um desses elementos formadores.

  • embora (em + boa + hora);
  • planalto (plano + alto);
  • vinagre (vinho + acre);
  • fidalgo (filho + de + algo);
  • dessarte (dessa + arte);
  • destarte (desta + arte);
  • pernalta (perna + alta);
  • aguardente (água + ardente).

Para frases com substantivos compostos e a formação do plural dos substantivos compostos, veja também substantivo composto.

Outras classificações para os substantivos

Além de simples e compostos, existem outros tipos de substantivos:

  • substantivo primitivo;
  • substantivo derivado;
  • substantivo concreto;
  • substantivo abstrato;
  • substantivo comum;
  • substantivo próprio;
  • substantivo coletivo;
  • substantivo comum de dois gêneros;
  • substantivo biforme;
  • substantivo sobrecomum;
  • substantivo epiceno;
  • substantivo comum de dois números;
  • substantivo de gênero vacilante.

Os substantivos são palavras que nomeiam seres, lugares, qualidades, sentimentos, noções, entre outros. Aceitam flexão em gênero (masculino e feminino), número (singular e plural) e grau (diminutivo, normal, aumentativo).

Saiba tudo sobre os diferentes tipos de substantivos.

Atualizado em
Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.