O singular e o plural indicam a flexão em número das palavras. 
O singular indica apenas um ser.
O plural indica dois ou mais seres. 

Embora existam diversas classes gramaticais que admitem flexão em número: substantivos, adjetivos, artigos, pronomes, numerais e verbos, as regras de formação do plural da língua portuguesa incidem na formação do plural dos substantivos.

Regras de formação do plural dos substantivos 

A principal regra de formação do plural indica que se deve acrescentar -s à palavra no singular:

  • amiga - amigas;
  • bolo - bolos;
  • troféu - troféus;
  • degrau - degraus.

Esta regra se refere, principalmente, aos substantivos terminados em vogais ou em ditongos. Existem, contudo, outras regras para a formação do plural de substantivos que não apresentam essas terminações.

Substantivos terminados em -r, -z e -s

A formação do plural dos substantivos terminados em -r, -z e -s é feita acrescentando -es à palavra no singular. 

-r no singular para -res no plural:

  • mulher - mulheres;
  • hambúrguer - hambúrgueres; 
  • açúcar - açúcares; 
  • mar – mares; 
  • bar – bares. 

-z no singular para -zes no plural:

  • raiz - raízes; 
  • gravidez - gravidezes; 
  • avestruz - avestruzes;
  • rapaz - rapazes. 

-s no singular para -ses no plural:

  • português - portugueses; 
  • país - países; 
  • revés - reveses;
  • freguês - fregueses.

Exceção à regra: Quando os substantivos terminados em -s são paroxítonos, a formação do plural fica invariável:

  • lápis - lápis;
  • atlas - atlas; 
  • pires - pires; 
  • ônibus - ônibus; 
  • vírus - vírus.

Substantivos terminados em -ão

A formação do plural dos substantivos terminados -ão pode ser feita de três formas distintas: -ões, -ãos, -ães.

-ão no singular para -ões no plural:
A maioria dos substantivos terminados em -ão forma o plural com -ões:

  • opinião - opiniões; 
  • coração - corações;
  • eleição - eleições.

-ão no singular para -ãos no plural:
Todos os substantivos paroxítonos terminados em -ão formam o plural com -ãos. Alguns substantivos oxítonos também têm o seu plural formado segundo essa regra:

  • órfão - órfãos;
  • sótão - sótãos;
  • órgão - órgãos;
  • cidadão - cidadãos;
  • irmão - irmãos;
  • cristão - cristãos.

-ão no singular para -ães no plural:
Alguns substantivos terminados em -ão formam o plural com -ães.

  • pão - pães;
  • capitão - capitães;
  • alemão - alemães;
  • charlatão - charlatães.

-ão no singular para duas formas no plural:
Alguns substantivos terminados em -ão admitem duas (ou até três) formas no plural:

  • refrão - refrãos ou refrães;
  • corrimão - corrimões ou corrimãos;
  • guardião - guardiões ou guardiães;
  • vilão - vilões, vilãos ou vilães.

Substantivos terminados em -l

A formação do plural dos substantivos terminados em -l segue duas regras. Nos substantivos terminados em -al, -el, -ol e -ul há a substituição do -l por -is. Já nos substantivos terminados em -il há a substituição do -l por -s se forem oxítonos e a substituição de -il por -eis se forem paroxítonos.

-al, -el, -ol, -ul no singular para -ais, -éis, -óis, -uis no plural:

  • varal - varais;
  • aluguel - aluguéis; 
  • lençol - lençóis;
  • paul - pauis.

-il no singular para -is no plural

  • canil - canis; 
  • fuzil - fuzis; 
  • refil - refis. 

-il no singular para -eis non plural:

  • fóssil - fósseis; 
  • míssil - mísseis;
  • réptil - répteis.

Substantivos terminados em -m

A formação do plural dos substantivos terminados em -m é feita pela substituição no -m por -ns.

-m no singular para -ns no plural:

  • garagem - garagens;
  • jardim - jardins;
  • bombom - bombons.

Substantivos terminados em -n

A formação do plural dos substantivos terminados em -n pode ser feita pelo acréscimo da consoante -s ou pelo acréscimo de -es.

-n no singular para -ns ou -nes no plural

  • pólen - polens ou pólenes;
  • hífen - hifens ou hífenes;
  • abdômen - abdomens ou abdômenes.

Substantivos terminados em -x

A formação do plural dos substantivos terminados em -x é invariável, mantendo a mesma forma da palavra no singular.

-x no singular para -x no plural:

  • o tórax - os tórax;
  • o látex - os látex;
  • o ônix - os ônix.

Particularidades na formação do plural

Algumas palavras apresentam algumas particularidades com a formação do plural.

Alteração de ô para ó com a formação do plural

Em algumas palavras ocorre alteração de pronúncia com a formação do plural. Palavras com o fechado tônico (ô) no singular passam para o aberto tônico (ó) no plural. Essa alteração na pronúncia não ocorre em todos as palavras com o tônico fechado no singular.

ô no singular para ó no plural:

  • ovo - ovos;
  • torto - tortos;
  • jogo - jogos;
  • porco - porcos.

ô no singular que mantém ô no plural:

  • esposo - esposos;
  • bolso - bolsos;
  • almoço - almoços;
  • acordo - acordos.

Alteração de sílaba tônica com a formação do plural

Em algumas palavras ocorre alteração da sílaba tônica com a formação do plural:

  • caráter - carateres (de rá para te);
  • júnior - juniores (de jú para o);
  • sênior - seniores (de sê para o). 

Alteração de significado com a formação do plural

Em algumas palavras ocorre alteração de sentido com a formação do plural:

  • bem (corretamente) - bens (posses);
  • féria (remuneração) - férias (descanso);
  • avó (vovó) - avós (duas avós ou avô e avó ou antepassados);
  • pai (papá) - pais (dois pais ou pai e mãe).

Nota: Alguns substantivos são usados maioritariamente no plural: parabéns, óculos, trevas, afazeres, confins,...

Regras de formação do plural dos substantivos compostos

As regras acima expostas se referem à formação do plural de substantivos simples. As regras de formação do plural dos substantivos compostos são diferentes. Pode ocorrer:

  • a flexão dos dois elementos que formam a palavra, como em as segundas-feiras ;
  • apenas a flexão do primeiro elemento que forma a palavra, como em as canas-de-açúcar;
  • apenas a flexão do segundo elemento que forma a palavra, como em os quebra-cabeças;
  • a não flexão dos elementos, que se mantêm invariáveis, como em os cola-tudo. 

Leia mais sobre a formação do plural dos substantivos compostos.