Verbos são palavras que indicam, principalmente, uma ação. Podem indicar também uma ocorrência, um estado ou um fenômeno. 

Exemplos de verbos:

  • patinar;
  • falar;
  • demorar;
  • correr;
  • adormecer;
  • fazer;
  • cair;
  • sair;
  • imprimir;
  • pôr;
  • ...

Flexão e concordância verbal

Os verbos são uma classe gramatical complexa e abrangente, devido, principalmente, à pluralidade de flexões que apresenta. Existe flexão do verbo em número, pessoa, modo, tempo, aspecto e voz.

Flexão em número:

  • singular (um sujeito);
  • plural (vários sujeitos).

Flexão em pessoa:

  • 1.ª pessoa (quem fala: eu e nós);
  • 2.ª pessoa (com quem se fala: tu e vós);
  • 3.ª pessoa (de quem se fala: ele e eles).

Flexão em modo

  • indicativo;
  • subjuntivo;
  • imperativo. 

Flexão em tempo:

  • tempos no passado;
  • tempos no presente;
  • tempos no futuro.

Flexão em voz

  • voz ativa;
  • voz passiva;
  • voz reflexiva.

Flexão em aspecto

  • aspecto perfectivo e aspecto imperfectivo;
  • aspecto pontual e aspecto durativo;
  • aspecto inceptivo, aspecto cursivo e aspecto terminativo;
  • aspecto contínuo e aspecto descontínuo.

Regra geral, os verbos sofrem flexão, concordando em número e pessoa com o sujeito verbal. Há, contudo, alguns casos em que a concordância verbal é feita de forma específica, não obedecendo a essa regra.

Leia mais sobre concordância verbal e casos específicos de concordância verbal.

Conjugação verbal

Os verbos são formados por um radical mais uma terminação. As terminações são diferentes, conforme as flexões que ocorrem nos verbos.

Nos verbos regulares, existem três estruturas de conjugação:

  • 1.ª conjugação: verbos terminados em -ar;
  • 2.ª conjugação: verbos terminados em -er;
  • 3.ª conjugação: verbos terminados em -ir.

Nota: O verbo pôr, acabado em -or, pertence à 2.ª conjugação.

Exemplo de flexão de um verbo da 1.ª conjugação:
1.ª pessoa do singular: Eu ando (and + -o)
2.ª pessoa do singular: Tu andas (and + -as)
3.ª pessoa do singular: Ele anda (and + -a)
1.ª pessoa do plural: Nós andamos (and + -amos)
2.ª pessoa do plural: Vós andais (and + -ais)
3.ª pessoa do plural: Eles andam (and + -am)

Exemplo de flexão de um verbo da 2.ª conjugação:
1.ª pessoa do singular: Eu escrevo (escrev + -o)
2.ª pessoa do singular: Tu escreves (escrev + -es)
3.ª pessoa do singular: Ele escreve (escrev + -e)
1.ª pessoa do plural: Nós escrevemos (escrev + -emos)
2.ª pessoa do plural: Vós escreveis (escrev + -eis)
3.ª pessoa do plural: Eles escrevem (escrev + -em)

Exemplo de flexão de um verbo da 3.ª conjugação:
1.ª pessoa do singular: Eu divido (divid + -o) 
2.ª pessoa do singular: Tu divides (divid + -es) 
3.ª pessoa do singular: Ele divide (divid + -e) 
1.ª pessoa do plural: Nós dividimos (divid + -imos) 
2.ª pessoa do plural: Vós dividis (divid + -is)
3.ª pessoa do plural: Eles dividem (divid + -em) 

Modos verbais

Os modos verbais indicam a forma como o falante se posiciona face à ação verbal. Indicam diferentes formas dos verbos serem utilizados, mediante a significação que apresentam. Os diferentes tempos verbais estão inseridos nos modos verbais.

Existem três modos verbais: 

  • modo indicativo (indica realidade);
  • modo subjuntivo (indica possibilidade);
  • modo imperativo (indica ordem).

Aprenda mais sobre os modos verbais.

Tempos verbais

Os tempos verbais indicam o momento em que ocorre a ação verbal, se ocorre no passado, no presente ou no futuro. 

Tempos verbais simples do modo indicativo:

  • presente do indicativo; 
  • pretérito imperfeito do indicativo; 
  • pretérito perfeito do indicativo; 
  • pretérito mais-que-perfeito do indicativo;  
  • futuro do presente do indicativo; 
  • futuro do pretérito do indicativo.

Tempos verbais compostos do modo indicativo:

  • pretérito perfeito composto do indicativo;  
  • pretérito mais-que-perfeito composto do indicativo; 
  • futuro do presente composto do indicativo; 
  • futuro do pretérito composto do indicativo.

Tempos verbais simples do modo subjuntivo:

  • presente do subjuntivo;
  • pretérito imperfeito do subjuntivo;
  • futuro do subjuntivo.

Tempos verbais compostos do modo subjuntivo:

  • pretérito perfeito composto do subjuntivo;
  • pretérito mais-que-perfeito composto do subjuntivo;
  • futuro composto do subjuntivo.

Tempos verbais do modo imperativo:

  • imperativo afirmativo;
  • imperativo negativo.

Leia mais sobre os diferentes tempos verbais.

Formas nominais dos verbos

As formas nominais não estão relacionadas com os tempos e os modos verbais. Podem apresentar função de verbo ou função de nome.

Existem três formas nominais: 

  • infinitivo (estudar, aprender, discernir); 
  • gerúndio (estudando, aprendendo, discernindo);
  • particípio (estudado, aprendido, discernido).

Saiba mais sobre as formas nominais dos verbos.

Classificação dos verbos

Conforme as características que apresentam, existem vários tipos de classificação verbal. Os verbos podem ser classificados em:

  • verbos regulares, como amar, partir, comer,...
  • verbos irregulares, como fazer, dar, poder,...
  • verbos anômalos, como ser e ir.
  • verbos abundantes, como aceitar, ganhar, pagar,... 
  • verbos defectivos, como reaver, adequar, banir,...
  • verbos impessoais, como haver, fazer, anoitecer,...
  • verbos unipessoais, como latir, miar, custar,...
  • verbos pronominais, como arrepender-se, queixar-se, sentar-se,...
  • verbos principais, como ler, saltar, dormir,...
  • verbos auxiliares, como ser, estar, ter,...
  • verbos de ligação, como ser, estar, parecer,...
  • verbos significativos, como estudar, saltar, namorar,...
  • verbos intransitivos, como nascer, viver, morrer,...
  • verbos transitivos diretos, como cortar, querer, quebrar,...
  • verbos transitivos indiretos, como lembrar, responder, obedecer,...
  • verbos transitivos diretos e indiretos, como emprestar, agradecer, oferecer,...

Saiba mais sobre todos os tipos de classificação verbal.

Locuções verbais

Uma locução verbal é uma sequência de dois verbos que, juntos, indicam apenas uma ação verbal. São formadas por um verbo auxiliar flexionado e um verbo principal no particípio, gerúndio ou infinitivo:

  • tenho vivido;
  • tiver terminado;
  • estão esperando;
  • vou andando;
  • quero parar;
  • pode quebrar;
  • ...

Leia mais sobre as locuções verbais.

Formas rizotônicas e arrizotônicas

Formas rizotônicas são formas verbais em que a sílaba tônica está no radical da palavra.
Formas arrizotônicas são formas verbais em que a sílaba tônica não está no radical da palavra, mas sim na terminação.

Verbo recear no presente do indicativo:
Eu receio (rizotônicas)
Tu receias (rizotônicas)
Ele receia (rizotônicas)
Nós receamos (arrizotônicas)
Vós receais (arrizotônicas)
Eles receiam (rizotônicas)

Regência verbal

A regência indica o tipo de relação que o verbo estabelece com os seus complementos.

Verbos transitivos diretos estabelecem regência com o objeto direto, sem a presença obrigatória de uma preposição:

  • comprei o livro;
  • li o livro;
  • perdi o livro.

Verbos transitivos indiretos estabelecem regência com o objeto indireto, com a presença obrigatória de uma preposição:

  • acreditei em você;
  • duvidei de você;
  • respondi a você.

Saiba mais sobre a regência verbal e verbos preposicionados.

Vozes verbais

As vozes verbais indicam a posição do sujeito perante a ação verbal: se é agente ou paciente da ação expressa.

Na voz ativa o sujeito gramatical é o agente da ação: 
Eu feri a minha perna.

Na voz passiva o sujeito gramatical é o paciente da ação: 
A minha perna foi ferida por mim.

Na voz reflexiva o sujeito gramatical é ao mesmo tempo agente e paciente da ação: 
Eu feri-me na perna.

Leia mais sobre as vozes verbais e a passagem da voz ativa para a voz passiva.

Aspecto verbal

O aspecto verbal se refere à forma como a ação é perspectivada.

  • Aspecto perfectivo: Indica uma ação completa.
  • Aspecto imperfectivo: Indica uma ação incompleta.
  • Aspecto pontual: Indica uma ação momentânea.
  • Aspecto durativo: Indica uma ação contínua.
  • Aspecto inceptivo: Indica o início da ação.
  • Aspecto cursivo: Indica o desenvolvimento da ação.
  • Aspecto terminativo: Indica o fim da ação. 
  • Aspecto contínuo: Indica uma ação continuada.
  • Aspecto descontínuo: Indica uma ação interrompida.

Aprenda mais sobre o aspecto dos verbos.