No português, diversas palavras são compostas a partir de radicais gregos e latinos, sendo chamados de compostos eruditos.

Lista de radicais gregos

  • aero (aér = ar): aeroporto;
  • astro (áster = estrela): astronomia;
  • biblio (bibl-íon = livro): biblioteca;
  • bio (bi-os = vida): biografia;
  • cardio (kard-ia = coração): cardíaco;
  • crono (chron-os = tempo): cronômetro;
  • deca (deka = dez): década;
  • derme (derm-a = pele): dermatologista;
  • di (dis = dois): dissílabo;
  • etno (ethn-os = raça): etnia;
  • gastro (gáster = estômago): gástrico;
  • hetero (héter-os = diferente): heterogêneo;
  • hidro (hyd-ro = água): hidrografia;
  • macro (makr-ós = grande): macróbio;
  • micro (mikrós = pequeno): micróbio;
  • mono (mónos = um): monólogo;
  • neo (né-os = novo): neologismo;
  • oftalmo (ophthálmos = olho): oftalmologia;
  • poli (polys = muito): poligamia;
  • pseudo (pseudos = falsidade): pseudônimo;
  • psico (psiqué = alma): psicologia;
  • tele (têle = longe): telefone;
  • termo (termós = calor): termômetro;
  • tri (triás = três): tríade;
  • zoo (zô-on = animal): zoológico.

Lista de radicais latinos

  • agri (agri = campo): agricultura;
  • alter (alter = outro): alternativa;
  • ambi (ambi = ambos): ambidestro;
  • audio (audire = ouvir): auditório;
  • beli (bellum = guerra): bélico;
  • bi (bis = duas vezes): bisavó;
  • cídio (cidio = matar): suicídio;
  • clar (clarus = claro): claridade;
  • cruci (crux = cruz): crucificar;
  • curv (curvus = curvo): curvilíneo:
  • duo (duo = dois): dueto;
  • equi (aequus = igual): equilátero;
  • escri (scríbere = escrever): escrita;
  • lac (lactis = leite): lácteo;
  • loco (locus = lugar): locomover;
  • loquo (lóquor = fala): ventríloquo;
  • ludo (ludis = jogo): lúdico;
  • mort (mortis = morte): mortandade;
  • oni (omni = todo): onipresente;
  • ped (pedis = pé): pedal;
  • pisci (piscis = peixe): piscicultura;
  • quadru (quattuor = quatro): quádruplo;
  • tri (tres = três): tripé;
  • uni (unus = um): uniforme;
  • verm (vermis = merme): vermicida.

O que é o radical de uma palavra?

O radical é uma base de significação comum que origina diversas palavras de uma mesma família, ou seja, palavras cognatas. É a parte que define o significado principal de uma família de palavras. É um morfema lexical, também chamado de semantema.

Radical terr-

terrestre (terr - estre)
terreno (terr - eno)
terraço (terr - aço)
terreiro (terr - eiro)
térreo (terr - eo)
terreal (terr - e - al)
enterrar (en - terr - ar)
enterrado (en - terr - ado)

Diferença entre radical e raiz

As palavras que pertencem a uma mesma família possuem igualmente uma raiz comum. Essa raiz é a base de significação comum mais irredutível da palavra, não incluindo qualquer tipo de afixos de derivação ou flexão. 

Embora possa também ser chamado de radical primário, o termo raiz não é usado correntemente por não poder ser depreendido através da simples comparação de palavras. Raiz é um termo que está ligado à origem histórica das palavras, implicando conhecimentos profundos de etimologia.