A hiperonímia indica uma relação hierárquica de significado que uma palavra superior estabelece com uma palavra inferior. O hiperônimo é uma palavra hierarquicamente superior porque apresenta um sentido mais abrangente que engloba o sentido do hipônimo, uma palavra hierarquicamente inferior, com sentido mais restrito.

A hiponímia indica, assim, essa mesma relação hierárquica de significado. Foca-se, no entanto, na perspectiva da palavra hierarquicamente inferior - hipônimo, que, a nível semântico, pode ser incluída numa classe superior que abrange o seu significado - hiperônimo.

País é hiperônimo de Brasil. 
Mamífero é hiperônimo de cavalo.
Jogo é hiperônimo de xadrez.

Brasil é hipônimo de país.
Cavalo é hipônimo de mamífero.
Xadrez é hipônimo de jogo.

Os hiperônimos:

  • Apresentam um sentido abrangente;
  • Transmitem a ideia de um todo;
  • Representam as características genéricas de uma classe;
  • Permitem a formação de subclasses associadas a elas.

Os hipônimos:

  • Apresentam um sentido restrito;
  • Transmitem a ideia de um item ou uma parte de um todo;
  • Representam as características específicas de uma subclasse;
  • Permitem a associação a uma classe superior mais abrangente.

Exemplos de hiperônimos e hipônimos

HiperônimoHipônimos
 cor

 verde, azul, amarelo, vermelho, branco,...

 fruta

 maçã, banana, manga, abacaxi, jaca,...

 veículo

 carro, automóvel, moto, bicicleta, ônibus,... 

 esporte

 natação, futebol, patinação, atletismo, esgrima,...

 animal

 cobra, onça, cachorro, urubu, urso,...

 flor

 rosa, margarida, malmequer, hortênsia, orquídea,...

 eletrodoméstico 

 geladeira, batedeira, liquidificador, aspirador, ferro,...

 móvel

 estante, armário, mesa, cadeira, sofá,...

 ferramenta

 martelo, serrote, alicate, enxada, chave de fenda,...

 ave

 papagaio, gaivota, bem-te-vi, arara, coruja,...

 doença

 gripe, sarampo, caxumba, catapora, bronquite,...

Uso de hiperônimos e hipônimos

O uso de hiperônimos e hipônimos é essencial para a construção de uma boa coesão lexical num texto. Os hiperônimos e hipônimos atuam como um recurso coesivo lexical que permite a abordagem de um tema evitando repetições vocabulares.

Além disso, desempenham uma função anafórica no texto, fazendo referência a uma informação previamente mencionada sem a repetir, através do uso de substantivos genéricos e específicos.