Um sufixo é um elemento formador de palavras que se coloca depois do radical de uma palavra primitiva, alterando o seu sentido e classe gramatical.

Através do uso de sufixos são formados substantivos, adjetivos, verbos e advérbios. Assim, classificam-se em sufixos nominais, sufixos verbais e sufixos adverbiais.

Sufixos nominais

Sufixos nominais originam substantivos e adjetivos. Os sufixos aumentativos e diminutivos estão inseridos neste grupo.

Exemplos de sufixos que formam substantivos

-ismo: racismo, surrealismo, consumismo,...
-ada: colherada, temporada, papelada,...
-aria: cafetaria, serralharia, gritaria,
-ário: funcionário, vestiário, relicário,...
-eiro: cabeleireiro, tinteiro, nevoeiro,...
-agem: aprendizagem, ramagem, pastagem,...
-ugem: babugem, ferrugem, lanugem,...
-dade: felicidade, homogeneidade, amabilidade,...
-ura: brancura, feiura, fofura, doçura,...
-ança: vingança, lambança, esperança,...
-dor: pescador, corredor, investidor,...
-douro: bebedouro, matadouro, miradouro,...
-mento: impedimento, fingimento, esquecimento,...

Exemplos de sufixos que formam adjetivos

-ado: amarelado, ajuizado, acostumado, animado,...
-al: final, anual, pessoal, conjugal,...
-ar: escolar, familiar, solar, lunar,...
-ável: durável, lavável, incansável,...
-oso: orgulhoso, estudioso, vergonhoso, majestoso,...
-ante: brilhante, cantante, verdejante, intolerante,...
-ano: mundano, baiano, luterano,...
-udo: barrigudo, narigudo, cabeludo,...
-ento: ciumento, rabugento, sedento,...

Exemplos de sufixos aumentativos

-ão: garotão, papelão, paredão,…
-ona: mulherona, mocetona, florona,…
-alhão: facalhão, vagalhão, dramalhão,…
-(z)arrão: gatarrão, homenzarrão, canzarrão,…
-eirão: vozeirão, asneirão, toleirão,…
-aça: bigodaça, mulheraça, barcaça,…
-aço: filmaço, corpaço, amigaço,…
-orra: cabeçorra, manzorra,…

Exemplos de sufixos diminutivos

-inho/a: casinha, lisinho, lapisinho,…
-zinho/a: animalzinho, pezinho, xicarazinha,…
-zito/a: pãozito, jardinzito, florzita,…
-ito/a: senhorita, casita, sapatito,…
-ete: diabrete, palacete, lembrete,…
-eto/a: saleta, maleta, poemeto,…
-ote/a: velhota, rapazote, filhote,…
-eco/a: livreco, jornaleco, soneca,…
-ico/a: namorico, veranico, burrico,…

Além de indicar o grau aumentativo e diminutivo dos nomes, os diferentes sufixos nominais transmitem diferentes significados, indicando:

  • uma ação: mudança, compreensão, caminhada, olhadela,...
  • um agente da ação: ferreiro, feirante, dentista, professor,...
  • um nome de um lugar: dormitório, matadouro, padaria,...
  • um agrupamento: arvoredo, casario, gritaria, dinheirama,...
  • um nome técnico: bronquite, morfema, cloreto, sulfato,...

Sufixos verbais

Sufixos verbais originam verbos.

Exemplos de sufixos verbais

-ar: analisar, ingressar, caprichar, tapar, afixar, chiar, parafusar,...
-izar: ridicularizar, memorizar, tranquilizar, organizar, priorizar, agilizar,...
-ecer: anoitecer, espairecer, amolecer, enlouquecer, amanhecer,...
-ear: folhear, cabecear, casear, tapear, tatear, flautear,...

Os diferentes sufixos verbais transmitem diferentes significados, indicando:

  • uma ação repetida no tempo: espernear, folhear, velejar,...
  • uma ação pouco intensa: bebericar, chuviscar, escrevinhar,...
  • o início de um estado: escurecer, envelhecer, amadurecer,...
  • a atribuição de uma qualidade: dignificar, atualizar, solidificar,...

Sufixos adverbiais

Sufixos adverbiais originam advérbios.

Exemplos de sufixos adverbiais

-mente: infelizmente, velozmente, levemente, docemente, absolutamente, rapidamente,...

O sufixo –mente junta-se, normalmente, à forma feminina de um adjetivo dar origem a um advérbio de modo, como: bondosamente, lindamente, rapidamente,… No caso dos adjetivo de dois gêneros, o adjetivo permanece inalterado: arrogantemente, infelizmente, especialmente,…

O sufixo no processo de formação de palavras

Palavras derivadas são palavras cuja origem reside em outras palavras da língua portuguesa, ou seja, derivam de palavras primitivas, sendo formados através de processos de derivação.

Existem vários tipos de derivação no português, sendo que os sufixos participam em duas delas: a derivação sufixal e a derivação parassintética.

Na derivação sufixal, é acrescentado um sufixo a uma palavra já existente, alterando o seu sentido e classe gramatical, como em contramão (contra- + mão).

Na derivação parassintética, são acrescentados um prefixo e um sufixo a uma palavra já existente, alterando o seu sentido e classe gramatical, como em enrolar (en- + rolo + -ar).

Sufixos e prefixos

Tal como os sufixos, os prefixos são também elementos formadores de palavras. São, diferentemente dos sufixos, colocados antes do radical da palavra primitiva, alterando o seu significado.

Exemplos de prefixos:

  • in- (origem latina): infeliz, inacabado, inconsequente, inconstante,...
  • des- (origem latina): desfavorável, desigual, desnecessário, descontente,...
  • re- (origem latina): refazer, recomeçar, reeditar, reaver,...
  • pos- (origem latina): pospor, pós-eleitoral, pós-graduação, posfácio,...

Veja também: Exemplos de prefixos existentes no português.