Gêneros textuais são textos que exercem uma função social específica, ou seja, ocorrem em situações cotidianas de comunicação e apresentam uma intenção comunicativa bem definida.

Um gênero textual se adéqua ao uso que se faz dele. Adéqua-se, principalmente, ao objetivo do texto, ao emissor e ao receptor da mensagem e ao contexto em que se realiza.

Quais são os gêneros textuais?

Confira alguns exemplos de gêneros textuais:

  • abaixo-assinado;
  • anedota;
  • anúncio;
  • artigo de opinião;
  • artigo;
  • ata;
  • atestado;
  • bilhete;
  • biografia;
  • bula de medicamento;
  • cardápio de restaurante;
  • carta;
  • cartaz;
  • charge;
  • circular;
  • conto;
  • contrato;
  • crônica;
  • curriculum vitae;
  • declaração;
  • decreto;
  • diário;
  • edital;
  • editorial;
  • e-mail;
  • ensaio;
  • entrevista;
  • fábula;
  • folheto;
  • guia;
  • lei;
  • lenda;
  • letra de música;
  • lista de compras;
  • manifesto;
  • manual de instruções;
  • memorando;
  • monografia;
  • notícia;
  • novela;
  • ofício;
  • peça de teatro;
  • piada;
  • procuração;
  • propaganda;
  • receita;
  • regras de um jogo;
  • regulamento;
  • relato de viagem;
  • relato histórico;
  • relatório científico;
  • reportagem;
  • requerimento;
  • resenha;
  • resumo;
  • romance;
  • sermão;
  • tese;
  • tutorial;
  • verbete de dicionário.

Embora os diferentes gêneros textuais apresentem estruturas específicas, com características próprias, é importante que os concebamos como flexíveis e adaptáveis, ou seja, que não se defina a sua estrutura como fixa.

Os gêneros textuais possuem transmutabilidade, ou seja, é possível que se criem novos gêneros a partir dos gêneros já existentes para responder a novas necessidades de comunicação. São adaptáveis e estão em constante evolução.

Tipos e gêneros textuais

Tipos e gêneros textuais são duas categorias diferentes de classificação textual. Entenda a diferença entre tipos e gêneros textuais:

Os tipos textuais são modelos abrangentes e fixos que definem e distinguem a estrutura e os aspectos linguísticos de uma narração, descrição, dissertação e explicação. Podem ser entendidos como a base dos gêneros textuais.

Tipos textuais:

  • Texto narrativo;
  • Texto descritivo;
  • Texto dissertativo expositivo;
  • Texto dissertativo argumentativo;
  • Texto explicativo injuntivo;
  • Texto explicativo prescritivo.

Os aspectos gerais dos tipos de texto concretizam-se em situações cotidianas de comunicação nos gêneros textuais, que são textos flexíveis e adaptáveis que apresentam uma intenção comunicativa bem definida e uma função social específica, adequando-se ao uso que se faz deles.

Tipos textuais Gêneros textuais
Narrativo romances;
contos;
fábulas;
lendas;
novelas;
crônicas.
Descritivo diários;
relatos de viagens;
folhetos turísticos;
cardápios de restaurantes;
anúncios de classificados.
Expositivo notícias;
artigos;
reportagens;
resumos escolares;
verbetes de dicionário.
Argumentativo artigos de opinião;
abaixo-assinados;
manifestos;
sermões;
teses.
Injuntivo receitas culinárias;
manuais de instruções;
bulas de remédio;
tutoriais de beleza;
guias rodoviários.
Prescritivo decretos e leis;
cláusulas contratuais;
editais de concursos públicos;
regras de trânsito;
regulamentos internos.

Saiba mais sobre os tipos de textos existentes.

Gêneros textuais e gêneros literários

Conforme o próprio nome indica, os gêneros textuais se referem a qualquer tipo de texto, enquanto os gêneros literários se referem apenas aos textos literários.

Os gêneros literários são divisões feitas segundo características formais comuns em obras literárias, agrupando-as conforme critérios estruturais, contextuais e semânticos, entre outros.

Exemplos de gêneros literários:

  • Gênero lírico;
  • Gênero épico ou narrativo;
  • Gênero dramático.

Saiba mais sobre os gêneros literários.

Atualizado em
Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.