Pronomes demonstrativos situam alguém ou alguma coisa no tempo, no espaço e no discurso, em relação às próprias pessoas do discurso: quem fala, com quem se fala, de quem se fala. Podem ser invariáveis ou variáveis em gênero (masculino e feminino) e número (plural e singular). Possuem ainda uma finalidade expressiva, reforçando algum termo anteriormente mencionado.

Pronomes demonstrativos variáveis:
1.ª pessoa: este, esta, estes, estas
2.ª pessoa: esse, essa, esses, essas
3.ª pessoa: aquele, aquela, aqueles, aquelas

Pronomes demonstrativos invariáveis:
1.ª pessoa: isto
2.ª pessoa: isso
3.ª pessoa: aquilo

Pronomes demonstrativos combinados com preposições

Os pronomes demonstrativos contraem-se com as preposições a, em e de.

Pronomes demonstrativos contraídos com preposições:
Preposição a – àquele, àquela, àqueles, àquelas, àquilo.
Preposição em – neste, nesta, nestes, nestas, nisto, nesse, nessa, nesses, nessas, nisso, naquele, naquela, naqueles, naquelas, naquilo.
Preposição de – deste, desta, destes, destas, disto, desse, dessa, desses, dessas, disso, daquele, daquela, daqueles, daquelas, daquilo.

Exemplos:

  • Eu moro nesta casa.
  • Não gosto dessa sua maneira de ser.
  • Entregue seu teste àquele professor.

Regras de utilização dos pronomes demonstrativos

Este, esta, estes, estas, isto, neste, nesta, nestes, nestas, deste, desta, destes, destas:
Usados quando o que está sendo demonstrado está perto da pessoa que fala ou no tempo presente em relação à pessoa que fala. Usa-se ainda para referir o que vai ser mencionado no discurso.

Exemplos:

  • Esta caneta aqui é minha.
  • Este é o ano do meu casamento.
  • Isto que está acontecendo é horrível!
  • Isto será explicado mais à frente.
  • Neste momento não tenho para nada para fazer.
  • Venha aqui e coloque tudo dentro deste recipiente.

Esse, essa, esses, essas, isso, nesse, nessa, nesses, nessas, desse, dessa, desses, dessas:
Usados quando o que está sendo demonstrado está longe da pessoa que fala e perto da pessoa a quem se fala ou num tempo passado recente em relação à pessoa que fala. Usa-se ainda para referir o que foi mencionado no discurso.

Exemplos:

  • Essa caneta aí é sua.
  • Esse foi ser o ano em que fui mãe.
  • Isso que aconteceu foi horrível!
  • Isso foi explicado na aula passada.
  • Nesse dia eu estava nervosa porque tinha visto um acidente.
  • Antes de se ir embora, coloque tudo dentro desse recipiente que está perto de você.

Aquele, aquela, aqueles, aquelas, aquilo, naquele, naquela, naqueles, naquelas, daquele, daquela, daqueles, daquelas:
Usados quando o que está sendo demonstrado está longe da pessoa que fala e da pessoa a quem se fala. Também se usa para referir um passado distante ou para referir algo que foi mencionado com uma grande distância no discurso.

Exemplos:

  • Aquela caneta ali é dele.
  • Aquele foi o melhor ano da minha infância.
  • Aquilo foi o melhor de tudo.
  • Ela partiu a perna naquele fim de semana que fomos passear ao campo.
  • Este livro é daquele menino da 6ª série. Você sabe quem ele é?

Outros pronomes demonstrativos

Outras palavras atuam como pronomes demonstrativos. São variáveis em gênero (masculino e feminino) e número (plural e singular), mas não se relacionam com as três pessoas discursivas.

O, a, os, as
Quando acompanharem os pronomes que e qual, podendo ser substituídos por aquele, aquela, aqueles, aquelas, aquilo.

Exemplos:

  • Não entendi o que foi dito pelo apresentador. (aquilo que foi dito).
  • Essa mochila não é a que eu comprei. (aquela que eu comprei).

Mesmo, mesma, mesmos, mesmas
Próprio, própria, próprios, próprias
Reforçam pronomes pessoais e se referem alguma coisa citada anteriormente.

Exemplos:

  • Ela mesma resolveu o assunto.
  • Foram os próprios responsáveis que fizeram a confusão.

Tal, tais
Semelhante, semelhantes

Referem-se a um nome anteriormente citado e transmitem um sentido completo (tal) ou incompleto (semelhante), podendo ser substituídos por aquele, aquela, aqueles, aquelas, aquilo, esse, essa, esses, essas, isso, este, esta, estes, estas, isto. Estes dois pronomes podem ser utilizados ironicamente.

Exemplos:

  • Não tenha semelhante atitude. (aquela atitude)
  • Em tais momentos, não devemos reagir de cabeça quente. (nesses momentos)

Pronomes demonstrativos adjetivos e substantivos

Os pronomes demonstrativos podem ser classificados ainda em pronome demonstrativo adjetivo, quando acompanha, determina e modifica os substantivos, e em pronome demonstrativo substantivo, quando substitui o substantivo numa frase.

Exemplos:

  • Aquela caneta é azul. (pronome demonstrativo adjetivo)
  • O meu filho é aquele. (pronome demonstrativo substantivo)