A linguagem é um conjunto de símbolos ou signos usados na transmissão de uma mensagem, cujo objetivo final é estabelecer comunicação.

O linguista Roman Jakobson entendeu que esse conjunto de símbolos ou signos pode ser usado de formas diferentes, transmitindo mensagens igualmente diferentes, conforme diferentes objetivos comunicacionais. Com base nisso, Jakobson definiu, então, seis funções da linguagem.

A função referencial ou denotativa é uma dessas seis funções da linguagem definidas por Jakobson.

O que é a função referencial ou denotativa?

A função referencial ou denotativa da linguagem é usada para transmitir uma informação clara, objetiva e direta sobre um determinado assunto. Apoia-se em fatos e dados concretos, excluindo elementos que confiram subjetividade e emotividade à mensagem.

Privilegia o uso de uma linguagem denotativa estruturada em orações na ordem direta, de forma a evitar ambiguidades e diferentes interpretações. A impessoalidade da mensagem fica marcada pelo uso da 3.ª pessoa do discurso, sendo isenta de opiniões pessoais.

Dando ênfase ao contexto comunicativo, a função referencial ou denotativa é a função da linguagem mais utilizada no dia a dia. Está presente em:

  • notícias de jornal;
  • correspondências comerciais;
  • livros didáticos;
  • documentos oficiais;
  • textos técnicos;
  • artigos científicos.

Exemplos de função referencial ou denotativa

  • Segundo o regulamento da instituição, o segundo filho matriculado terá um desconto de 20% e o terceiro filho matriculado terá um desconto de 50%.
  • Mais de vinte mil candidatos se inscreveram no concurso público desta Câmara, para o preenchimento de oitenta vagas de apoio administrativo.
  • O Teorema de Pitágoras afirma que a soma dos quadrados dos catetos de um triângulo retângulo corresponde ao quadrado da sua hipotenusa.
  • A prefeitura informa que, na próxima semana, será iniciada uma campanha de vacinação contra o sarampo para todas as crianças com idades entre 1 e 5 anos.

Funções da linguagem

Existem mais cinco funções da linguagem, além da função referencial ou denotativa:

  • função emotiva ou expressiva;
  • função apelativa ou conativa;
  • função poética;
  • função fática;
  • função metalinguística.

Todas estas funções têm objetivos diferentes e possuem características diferentes. Cada função está relacionada com um dos elementos da comunicação (contexto, emissor, receptor, canal, mensagem e código).

Leia tudo sobre as diversas funções da linguagem.

Publicado em
Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.