O grafema x apresenta uma particularidade fonética, ou seja, pode representar diversos sons, também chamados de fonemas.

Nas diversas palavras, o x pode ser lido com som de ch, s, z, cs e ss. Pode também não assumir valor fonético, não representando qualquer som.

Exemplos de palavras com x com som de cs:

  • anexo;
  • complexo;
  • conexão;
  • convexo;
  • flexão;
  • intoxicação;
  • látex;
  • léxico;
  • maxilar;
  • nexo;
  • óxido;
  • oxigênio;
  • reflexão;
  • sexagésimo;
  • tóxico;
  • toxina;

Quando a consoante x assume o som cs, ocorre um encontro consonantal fonético, dado que um só grafema (x) corresponde a dois fonemas consonantais (cs). O encontro consonantal fonético é também chamado de dífono.

Exemplos:

  • Táxi: 4 grafemas (letras) e 5 fonemas (sons)
  • Axila: 5 grafemas (letras) e 6 fonemas (sons)
  • Oxidação: 8 grafemas (letras) e 9 fonemas (sons)

Fique sabendo mais!
A palavra sintaxe é frequentemente mal pronunciada pelos falantes. Em sintaxe o x não assume valor de cs, mas sim de ss, como em próximo. A pronúncia de sintaxe com som de ss vem registrada em diversos dicionários, bem como no vocabulário ortográfico da Academia Brasileira de Letras.

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.