No português existem várias palavras com gui. Essa sílaba pode ocorrer no início, no meio e no fim das palavras. Gui pertence ao grupo silábico ga, gue, gui, go, gu. Na maioria das palavras, nas sílabas gui e gue, a vogal u não é lida, mas permite a diferenciação das sílabas gi e ge, cuja fonética corresponde a ji e je. Em algumas palavras, a semivogal u é lida, como em pinguim, linguiça e sagui.

Palavras com GUI no início:

  • guitarra;
  • guilhotina;
  • guindaste;
  • guiar;
  • guichê;
  • guirlanda;
  • guinada;
  • guisado;
  • guizo;
  • guinchar;
  • Guiana;
  • Guilherme;
  • ...

Palavras com GUI no meio:

  • águia;
  • seguida;
  • seguinte;
  • enguiço;
  • enguiçar;
  • seguir;
  • extinguir;
  • conseguir;
  • lânguido;
  • denguice;
  • gaguice;
  • esguio;
  • Aguinaldo;
  • Aguiar;
  • ...

Palavras com GUI no fim:

  • consegui;
  • prossegui;
  • persegui;
  • ergui;
  • segui;
  • distingui;
  • extingui;
  • Pitangui;
  • caxingui;
  • capongui;
  • ...

Atenção!
Também é possível encontrar a sílaba gui em palavras terminadas em -ga e -go, quando no diminutivo:
Palavras terminadas em -ga: amiguinha, formiguinha, manguinha,...
Palavras terminadas em -go: franguinho, ceguinho, preguinho,...

GUI ou GÜI

Segundo o Novo Acordo Ortográfico, que entrou em vigor em janeiro de 2009, o trema foi abolido de todas as palavras portuguesas e aportuguesadas. Mantém-se apenas em palavras derivadas de nomes próprios estrangeiros, como hübneriano (de Hübner) e mülleriano (deMüller).

Antes do acordo, no português do Brasil, o trema era utilizado por cima do u nas sílabas gue, gui, que e qui para destacar seu som, indicando que a semivogal u deveria ser pronunciada.

Exemplos:

  • pinguim;
  • linguiça:
  • linguista;
  • sagui;
  • arguido;
  • arguir;
  • antiguidade;
  • ambiguidade;
  • contiguidade;
  • sanguinário;
  • consanguinidade;
  • ...
Publicado em
Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.