O til é um sinal gráfico auxiliar de escrita, usado por cima da vogal a e da vogal o para indicar nasalização. É usado na formação dos ditongos nasais ão, ãe, õe, nas suas formas no singular e no plural, e na vogal nasal ã.

Palavras com ão e ãos

  • compreensão;
  • informação;
  • comemoração;
  • ocupação;
  • repreensão;
  • mãos;
  • cidadãos;
  • cristãos;
  • irmãos;
  • pagãos.

Palavras com ãe e ães

  • mãe;
  • mamãe;
  • cães;
  • pães;
  • alemães;
  • capitães;
  • guardiães;
  • anciães;
  • Magalhães;
  • Guimarães.

Palavras com õe, ões e õem

  • põe;
  • expõe;
  • supõe;
  • impõem;
  • compõem;
  • corações;
  • opiniões;
  • limões;
  • eleições;
  • tubarões.

Palavras com ã e ãs

  • galã;
  • manhã;
  • fã;
  • sutiã;
  • hortelã;
  • rãs;
  • avelãs;
  • maçãs;
  • lãs;
  • clãs.

O til e a sílaba tônica

O til confere, quase sempre, tonicidade à sílaba onde se encontra. Assim, as palavras com til são predominantemente oxítonas, tendo a última sílaba da palavra como sílaba tônica.

Exemplos de sílabas tônicas com til:

  • ilusão;
  • mamãe;
  • propõe;
  • afã.

Contudo, há situações em que o til não indica a tonicidade da sílaba, visto as palavras permanecerem paroxítonas.

Exemplos de til não indicativo de sílaba tônica:

  • sótão;
  • órgão;
  • órfão;
  • bênção;
  • acórdão;
  • gólfão.

Segundo as regras ortográficas do português, todas as palavras paroxítonas terminadas em ã, ãs, ão e ãos deverão ser graficamente acentuadas, marcando assim a sílaba tônica da palavra.