Fonética e fonologia são ramos complementares da linguística. Têm como objetivo investigar e estudar os sons da fala.

Fonética

A fonética:
- Estuda os aspectos físicos envolvidos na produção do som: estuda o aparelho fonador, os movimentos dos lábios e da língua, os pontos de articulação, a obstrução do ar, a vibração das cortas vocais,...
- Investiga as características físicas dos sons que permitem a sua articulação e recepção auditiva.
- Analisa e descreve os sons da fala (fones) como entidades isoladas, com base em características acústicas e perceptivas, em sua realização concreta.
- Utiliza o Alfabeto Fonético Internacional para a representação dos fones e para a realização de transcrições fonéticas.

Exemplos de análises fonéticas:

  • [a]: vogal baixa anterior
  • [o]: vogal média alta arredondada
  • [p]: consoante oclusiva bilabial surda
  • [d]: consoante oclusiva dental-alveolar sonora

Fonologia

A fonologia:
- Estuda a organização dos sons em sistemas sonoros, entendendo suas funções e o papel linguístico que desempenham numa determinada língua.
- Investiga a combinação de fones em unidades sonoras capazes de distinguir significado - os fonemas.
- Estuda a estrutura silábica, a acentuação e a entonação.
- Considera apenas as variações sonoras que podem afetar a compreensão da mensagem.

Exemplos de análises fonológicas:

  • pato e bato: pares mínimos com [p] e [b] como sons diferentes.
  • pato: / ' pato / = a primeira sílaba é tônica (indicada pelo ').
  • tosta: / toS ' taR / = a segunda sílaba é tônica (indicada pelo ').