Conjunções integrantes são conjunções subordinativas que introduzem orações substantivas, ou seja, orações que atuam como um substantivo na frase, desempenhando funções de sujeito, objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, predicado nominal e aposto.

Conjunções integrantes: que, se.

Exemplos de frases com conjunções integrantes

  • Espero que você chegue rápido.
  • Quero muito que este dia chegue logo!
  • É importante que você compareça na audiência.
  • Não sei se ele já chegou ao Brasil.
  • Quero saber se o projeto foi autorizado.

Uso das conjunções integrantes

As conjunções integrantes são usadas para introduzir orações subordinadas substantivas.

Oração subordinada substantiva subjetiva:
É obrigatório que você esteja presente.

Oração subordinada substantiva objetiva direta:
Não sei se as inscrições já terminaram.

Oração subordinada substantiva objetiva indireta:
O diretor insistiu em que aquela funcionária fosse despedida.

Oração subordinada substantiva completiva nominal:
Tenho esperança de que você venha comigo.

Oração subordinada substantiva predicativa:
A dúvida é se ela vem acompanhada.

Oração subordinada substantiva apositiva:
Apenas quero uma coisa: que sejamos amigos para sempre.

Saiba tudo sobre as orações subordinadas substantivas.

Conjunções subordinativas

Enquanto conjunções subordinativas, as conjunções integrantes ligam orações que não têm sentido completo quando sozinhas, dependendo uma da outra.

Além das conjunções integrantes, que introduzem orações substantivas, existem outras conjunções subordinativas, como as conjunções adverbiais, que introduzem orações adverbiais.

Veja também: Conjunções subordinativas.

Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.