O adjunto adnominal é o termo da oração que acompanha e modifica um substantivo, conferindo-lhe características e atributos. Acompanha sempre o substantivo nuclear de uma determinada função sintática, ou seja, acompanha o núcleo do sujeito, o núcleo do objeto direto,…

Exemplos de adjuntos adnominais

Como o adjunto adnominal apresenta uma função adjetiva, pode ser representado por um adjetivo, por uma locução adjetiva, por um pronome adjetivo, por um numeral adjetivo ou por um artigo.

Adjunto adnominal representado por adjetivo

  • Adoro música agitada.
  • Aquela casa branca foi vendida.
  • Surpreendentemente, foi dada uma resposta inteligente.

Adjunto adnominal representado por pronome adjetivo

  • Meu carro está muito longe.
  • Minhas amigas prepararam tudo para a festa.
  • Aquele professor reprovou o aluno de propósito.

Adjunto adnominal representado por numeral adjetivo

  • Vinte candidatos foram selecionados.
  • O primeiro atleta foi o vencedor.
  • O departamento recebeu mais de mil candidaturas à vaga de estagiário.

Adjunto adnominal representado por locução adjetiva

  • Noites de verão são deliciosas!
  • Picadas de abelha doem muito.
  • A água do rio está poluída.

Adjunto adnominal representado por artigo

  • O aluno passou no teste.
  • A menina era extremamente simpática.
  • Você aceita uma fatia de bolo?

O adjunto adnominal e a análise sintática

O adjunto adnominal é um dos termos acessórios da oração. A classificação de uma palavra em adjunto adnominal é feita apenas quando há uma análise sintática da frase.

Uma dor intensa atingiu o paciente moribundo.

Sujeito: uma dor intensa
uma: adjunto adnominal
dor: núcleo do sujeito
intensa: adjunto adnominal

Predicado: atingiu o paciente moribundo
atingiu: verbo transitivo direto, núcleo do predicado
objeto direto: o paciente moribundo
o: adjunto adnominal
paciente: núcleo do objeto direto
moribundo: adjunto adnominal

Sendo um termo acessório da oração, o adjunto adnominal pode ser retirado da frase sem alterar a sua estrutura sintática. Contudo, poderá também ser essencial para a compreensão da mensagem transmitida.

Substituição dos adjuntos adnominais por um pronome

Quando o substantivo é substituído por um pronome, todos os adjuntos adnominais são igualmente substituídos pelo pronome, deixando de aparecer na frase.

  • Aquela saia rosa foi vendida = Ela foi vendida.
  • Uma bola rápida atingiu o famoso jogador. = Ela atingiu-o.
  • Minhas queridas amigas esperaram por mim. = Elas esperaram por mim.

Adjunto adnominal ou complemento nominal

O adjunto adnominal e o complemento nominal apresentam várias diferenças.

O adjunto adnominal…

  • é dispensável, apresentado uma informação acessória a um nome.
  • estabelece relação com um substantivo concreto.
  • pode ser ou não precedido de uma preposição.

O complemento nominal…

  • é obrigatório, sendo utilizado para completar o sentido de um nome que apresenta uma significação incompleta.
  • estabelece relação com um adjetivo ou um advérbio.
  • é sempre precedido de uma preposição.

Adjunto adnominal: Meu coração de mãe é imenso!
Complemento nominal: Estamos longe de todos.

Apesar disso, esses dois termos são facilmente confundidos quando estabelecem relação com um substantivo abstrato e quando o adjunto adnominal é representado por uma locução adjetiva, formada pela preposição de e por um substantivo.

Nessas situações, é importante entender que o adjunto adnominal apresenta um valor agente e que o complemento nominal apresenta um valor paciente.

Adjunto adnominal: Você ouviu a explicação do professor?
Complemento nominal: Você ouviu a explicação da matéria?

Saiba tudo sobre o Complemento Nominal.

Adjunto adnominal e adjunto adverbial

É importante não confundir o adjunto adnominal com o adjunto adverbial.

Enquanto o adjunto adnominal confere características e atributos a um substantivo, o adjunto adverbial indica uma circunstância, modificando um verbo, um advérbio ou um adjetivo.

Rapidamente, o envergonhado aluno saiu.

Adjuntos adnominais: o e envergonhado
Adjunto adverbial: rapidamente

Saiba tudo sobre o Adjunto Adverbial.

Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.