A classificação dos termos de uma oração em adjunto adnominal e o complemento nominal gera dúvidas frequentes.

Para conseguir diferenciar esses dois termos é necessário, primeiramente, identificar as características de cada um.

Características do adjunto adnominal

  • É um termo acessório da oração. Embora facilite a compreensão da mensagem, é dispensável.
  • Acompanha e atribui características a um substantivo, que pode ser concreto ou abstrato.
  • Não é, maioritariamente, um termo preposicionado. Apenas é precedido pela preposição de quando representado por uma locução adjetiva.
  • Pode ser representado por: artigos, adjetivos, locuções adjetivas, pronomes adjetivos e numerais adjetivos.

Saiba tudo sobre o adjunto adnominal.

Características do complemento nominal

  • É um termo integrante da oração. Assim, é indispensável para completar o sentido de outro termo.
  • Completa o sentido de um substantivo abstrato, de um adjetivo ou de um advérbio.
  • É um termo preposicionado, podendo ser precedido por diversas preposições: de, a, em, com, por,…
  • Pode ser representado por: substantivos, pronomes, numerais e orações subordinadas substantivas completivas nominais.

Saiba tudo sobre o complemento nominal.

Qual é a diferença entre adjunto adnominal e complemento nominal?

A dúvida na classificação em adjunto adnominal e complemento nominal surge com elementos preposicionados. Isso ocorre quando o adjunto adnominal é formado por uma locução adjetiva.

É adjunto adnominal se...
Estiver ligado a um substantivo concreto.

É complemento nominal se…
Estiver ligado a um adjetivo ou advérbio.
For usada qualquer outra preposição que não a preposição de, como: a, por, em,…

Assim, a dúvida entre complemento nominal e adjunto adnominal ocorre apenas com a seguinte formação:

substantivo abstrato + preposição de + substantivo

Nessas situações, a distinção é feita pelo valor ativo ou passivo que o termo apresenta:
O adjunto adnominal tem valor agente.
O complemento nominal tem valor paciente.

Exemplos de adjuntos adnominais

  • A leitura do aluno foi perfeita!
  • Você verificou o cálculo dos engenheiros?
  • O medo da população é inevitável.
  • Ainda não terminou o julgamento dos réus.

Exemplos de complementos nominais

  • A leitura do texto foi perfeita!
  • Você verificou o cálculo das taxas?
  • O medo da doença é inevitável.
  • Ainda não terminou o julgamento dos crimes.
Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.