Locução adjetiva é um conjunto de duas ou mais palavras que, juntas, atuam como um adjetivo, caracterizando um substantivo.

As locuções adjetivas são formadas maioritariamente pela preposição de mais um substantivo:

  • de criança;
  • de pai;
  • de mãe;
  • de irmão;
  • de escola;
  • de aluno;
  • de chuva;
  • de abelha;
  • de cavalo;

Exemplos de locuções adjetivas

  • Qual é o seu escalão de idade?
  • Está sendo feito o tratamento de águas da chuva.
  • A higiene da boca é muito importante.
  • Estou com uma grande dor de abdômen.
  • Eles não consideram o planejamento da cidade importante.
  • O serviço da fábrica é rotineiro e cansativo.

Relação entre locuções adjetivas e adjetivos

escalão de idade = locução adjetiva
escalão etário = adjetivo

águas da chuva = locução adjetiva
águas pluviais = adjetivo

higiene da boca = locução adjetiva
higiene bucal = adjetivo

dor de abdômen = locução adjetiva
dor abdominal = adjetivo

planejamento da cidade = locução adjetiva
planejamento urbano = adjetivo

serviço da fábrica = locução adjetiva
serviço fabril = adjetivo

A utilização de locuções adjetivas permite uma maior diversidade vocabular e enriquecimento textual.

Lista de locuções adjetivas e adjetivos correspondentes

  • de abdômen - abdominal;
  • de abelha - apícola;
  • de água - hídrico;
  • de alma - anímico;
  • de aluno - discente;
  • de amigo - amistoso ou amigável;
  • de anel - anelar ou anular;
  • de anjo - angelical;
  • de ano - anual;
  • de aranha - aracnídeo;
  • de astro - sideral;
  • de audição - ótico;
  • de bálsamo - balsâmico;
  • de bílis - biliar;
  • de bispo - episcopal;
  • de boca - bucal ou oral;
  • de boi - bovino;
  • de bronze - brônzeo ou êneo;
  • de cabeça - cefálico;
  • de cabelo - capilar;
  • de cabra - caprino;
  • de campo - campestre ou rural;
  • de cão - canino;
  • de caos - caótico;
  • de cavalo - cavalar, equino, equídeo ou hípico;
  • de célula - celular;
  • de chumbo - plúmbeo;
  • de chuva - pluvial;
  • de cidade - urbano ou citadino;
  • de circo - circense;
  • de cobra - ofídico;
  • de cobre - cúprico;
  • de coração - cardíaco ou cardial;
  • de correio - postal;
  • de costa - costeiro;
  • de costelas - costal;
  • de couro - coriáceo;
  • de crânio - craniano;
  • de crepúsculo - crepuscular;
  • de criança - pueril ou infantil;
  • de decoração - decorativo;
  • de dedo - digital;
  • de dia - diário;
  • de diamante - diamantino ou adamantino;
  • de dieta - dietético;
  • de dinheiro - pecuniário;
  • de direito - jurídico;
  • de domingo - dominical;
  • de dorso - dorsal;
  • de eixo - axial;
  • de elefante - elefantino;
  • de embriaguez - ébrio;
  • de enxofre - sulfúrico;
  • de erva - herbáceo;
  • de escola - escolar;
  • de esmeralda - esmeraldino;
  • de espectro - espectral;
  • de estômago - estomacal ou gástrico;
  • de estrela - estelar;
  • de éter - etéreo;
  • de fábrica - fabril;
  • de face - facial;
  • de falcão - falconídeo;
  • de faraó - faraônico;
  • de farinha - farináceo;
  • de fêmur - femural;
  • de fera - ferino ou feroz;
  • de fera - ferino;
  • de ferro - férreo;
  • de fígado - figadal ou hepático;
  • de filho - filial;
  • de fleuma - fleumático;
  • de fogo - ígneo;
  • de folha - foliáceo;
  • de frente - frontal;
  • de gado - pecuário;
  • de galinha - galináceo;
  • de garganta - gutural;
  • de gato - felino ou felídeo;
  • de gelo - glacial;
  • de governo - governamental;
  • de guerra - bélico;
  • de hoje - hodierno;
  • de homem - viril ou humano;
  • de idade - etário;
  • de idade média - medieval;
  • de igreja - eclesiástico;
  • de ilha - insular;
  • de intestino - celíaco ou entérico;
  • de inverno - hibernal ou invernal;
  • de irmão - fraterno ou fraternal;
  • de jovem - juvenil;
  • de junho - junino;
  • de lado - lateral;
  • de lago - lacustre;
  • de lágrima - lacrimal;
  • de laringe - laríngeo;
  • de leão - leonino;
  • de leite - lácteo ou láctico;
  • de linha - linear;
  • de lobo - lupino;
  • de lua - lunar;
  • de macaco - simiesco, símio ou macacal;
  • de mãe - materno ou maternal;
  • de manhã - matinal;
  • de mar - marítimo ou marinho;
  • de mar - marítimo;
  • de marfim - ebúrneo ou ebóreo;
  • de margem - marginal;
  • de mármore - marmóreo;
  • de memória - mnemônico ou mnêmico;
  • de mês - mensal;
  • de mestre - magistral;
  • de metrópole - metropolitano;
  • de moeda - monetário ou numismático;
  • de monge - monacal;
  • de monstro - monstruoso;
  • de morte - mortal ou mortífero;
  • de mundo - mundial;
  • de nádegas - glúteo;
  • de nariz - nasal;
  • de navio - naval;
  • de neve - níveo;
  • de noite - noturno;
  • de norte - setentrional ou boreal;
  • de nuca - occipital;
  • de óleo - oleaginoso;
  • de olhos - ocular, ótico ou oftálmico;
  • de orelha - auricular;
  • de osso - ósseo;
  • de ouro - áureo;
  • de outono - outonal;
  • de ouvido - auricular;
  • de ovelha - ovino;
  • de pai - paterno ou paternal;
  • de pai e mãe - parental;
  • de paixão - passional;
  • de palato - palatal ou palatinal;
  • de pâncreas - pancreático;
  • de pântano - palustre ou pantanoso;
  • de papa - papal;
  • de paraíso - paradisíaco;
  • de páscoa - pascal;
  • de pedra - pétreo;
  • de peixe - písceo ou ictíaco;
  • de pele - cutâneo ou epitelial;
  • de pelve - pélvico;
  • de pesca - pesqueiro ou piscatório;
  • de pescoço - cervical;
  • de plebe - plebeu;
  • de pombo - columbino;
  • de porco - suíno ou porcino;
  • de prata - argênteo ou argírico;
  • de primavera - primaveril;
  • de professor - docente;
  • de prosa - prosaico;
  • de proteína - proteico;
  • de pulmão - pulmonar;
  • de pus - purulento;
  • de quadril - ciático:
  • de rei - real ou régio;
  • de rei - real;
  • de relâmpago - fulgural;
  • de rim - renal;
  • de rio - fluvial;
  • de rocha - rupestre;
  • de romance - romanesco;
  • de rosa - róseo;
  • de sabão - saponáceo;
  • de sangue - sanguíneo;
  • de sangue - sanguíneo;
  • de serpente - ofídico;
  • de sol - solar;
  • de sonho - onírico;
  • de sul - meridional ou austral;
  • de tarde - vespertino;
  • de tecido - têxtil;
  • de terra - telúrico, terrestre ou terreno;
  • de tórax - torácico;
  • de touro - taurino ou táureo;
  • de trás - traseiro;
  • de túmulo - tumular;
  • de umbigo - umbilical;
  • de útero - uterino;
  • de vasos sanguíneos - vascular;
  • de veia - venoso;
  • de velho - senil;
  • de vento - eólico;
  • de verão - estival;
  • de víbora - viperino;
  • de vida - vital;
  • de vidro - vítreo ou hialino;
  • de vinagre - acético;
  • de vinho - vínico, vinário, vinoso, víneo;
  • de violeta - violáceo;
  • de virgem - virginal;
  • de visão - óptico ou ótico;
  • de voz - vocal;
  • de vulcão - vulcânico.

Nota: Algumas locuções adjetivas se encontram diretamente relacionadas com um adjetivo, outras não. Assim, em alguns casos é possível a substituição da locução adjetiva por um adjetivo, em outros não.

Atualizado em
Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.