Advérbios são palavras que indicam uma circunstância. Essa circunstância (de tempo, de lugar, de modo, de intensidade,…) modifica um verbo, um adjetivo ou um advérbio.

Exemplos de advérbios

  • O bebê nasceu aqui.
  • O bebê nasceu ontem.
  • O bebê nasceu de manhã.
  • O bebê nasceu rapidamente.
  • O bebê nasceu.
  • O bebê não nasceu.
  • Primeiramente, o bebê nasceu.
  • Possivelmente, o bebê nasceu.

Tipos de advérbios

A classificação dos advérbios é feita conforme a circunstância que um determinado advérbio transmite.

Advérbio de lugar aqui
ali


atrás
longe
perto
embaixo
abaixo
acima
fora
dentro
diante
junto
através
acolá

além
aquém
nenhures
algures
defronte
detrás
Advérbio de tempo agora

hoje
amanhã
ontem
nunca
sempre
antes
depois
cedo
tarde
logo
ainda
diariamente
raramente
simultaneamente
Advérbio de modo bem
mal
assim
melhor
pior
devagar
depressa
rapidamente
calmamente
friamente
delicadamente
livremente
levemente
Advérbio de afirmação sim
certamente
decididamente
realmente
efetivamente
deveras
certo
incontestavelmente
Advérbio de negação não
nunca
jamais
nem
tampouco
sequer
Advérbio de dúvida talvez
quiçá
possivelmente
provavelmente
porventura
acaso
certamente
decerto
certo
Advérbio de intensidade muito
pouco
menos
mais
tão
bastante
nada
demais
demasiado
excessivamente
completamente
ligeiramente
levemente
quase
quanto
quão
Advérbio de exclusão apenas

somente
unicamente
exclusivamente
Advérbio de inclusão inclusive
inclusivamente
também
mesmo
até
ainda
igualmente
Advérbio de ordem antes
depois
após
primeiro
primeiramente
anteriormente
ultimamente
previamente

Exemplos de frases com advérbios

  • Estudei aqui até aos doze anos. (lugar)
  • Tudo parecerá melhor amanhã. (tempo)
  • Falou lentamente, para que todos entendessem. (modo)
  • Vou, decididamente, cumprir esta promessa. (afirmação)
  • Ele nunca se esqueceu das palavras da sua avó. (negação)
  • Poderemos, talvez, esperar mais uns minutos. (dúvida)
  • Eu vi que ele estudou muito para a prova. (intensidade)
  • O bebê somente comeu a banana. (exclusão)
  • Quero, inclusivamente, que você venha conosco. (inclusão)
  • Primeiramente, peça desculpa pelo que você fez. (ordem)

Advérbios interrogativos

Alguns advérbios podem ainda ser classificados em advérbios interrogativos, sendo utilizados nas interrogações diretas e indiretas e indicando circunstâncias de lugar, tempo, modo e causa.

São os advérbios:

  • por que? (indicando causa);
  • onde? (indicando lugar);
  • como? (indicando modo);
  • quando? (indicando tempo).

Exemplos uso de advérbios interrogativos:

  • Onde está sua carteira?
  • Perguntei onde estava sua carteira.

Graus dos advérbios

Os advérbios são palavras invariáveis, não sendo flexionadas em gênero (masculino e feminino) e número (plural e singular). Apesar disso, alguns advérbios podem ser flexionados em grau (comparativo e superlativo), similares aos graus dos adjetivos.

Grau comparativo de inferioridade
Formado por: menos + advérbio + que/do que.
Exemplo: Ele come menos lentamente do que eu.

Grau comparativo de igualdade
Formado por: tão + advérbio + quanto/ como/ quão.
Exemplo: Ele come tão lentamente como eu.

Grau comparativo de superioridade
Formado por: mais + advérbio + que/ do que.
Exemplo: Ele come mais lentamente do que eu.

Grau superlativo absoluto sintético
Formado por: advérbio + sufixo (normalmente sufixo -íssimo).
Exemplo: O avião chegou cedíssimo ao aeroporto.

Grau superlativo absoluto analítico
Acompanhado de outro advérbio: muito + advérbio.
Exemplo: Aquele estudante escreve muito bem.

Nota: É comum a utilização de formas diminutivas em alguns advérbios, como pertinho, longinho, pouquinho, cedinho,… Esta forma diminutiva do advérbio transmite a noção de muito perto, muito longe, muito pouco, muito cedo,…

Formas irregulares

Os advérbios bem, mal, muito e pouco, assumem formas irregulares nos graus comparativo e superlativo.

Advérbio bem
comparativo: melhor, mais bem
superlativo: otimamente, muito bem

Advérbio mal
comparativo: pior, mais mal
superlativo: pessimamente, muito mal

Advérbio muito
comparativo: mais
superlativo: muitíssimo, o mais

Advérbio pouco
comparativo: menos
superlativo: pouquíssimo, o menos

Locução adverbial

Uma locução adverbial é um conjunto de duas ou mais palavras que, juntas, atuam como um advérbio, alterando o sentido de um verbo, de um adjetivo ou de um advérbio.

Exemplos de locuções adverbiais

  • Aquele fã sabe de cor as letras de todas as músicas.
  • Em breve, estaremos viajando pelo Japão.
  • Gosto mais de trabalhar de noite.

Classificação das locuções adverbiais

As locuções adverbiais são, também, classificadas conforme a circunstância que expressam.

Locução adverbial de lugar à esquerda
à direita
à frente
ao lado
em cima
em volta
à distância
por aqui
por ali
por dentro
por fora
de perto
de longe
para dentro
Locução adverbial de tempo pela manhã
de manhã
de dia
de noite
à noite
à tarde
em breve
às vezes
de vez em quando
de quando em quando
de tempos em tempos
Locução adverbial de modo em silêncio
de cor
ao contrário
às pressas
à vontade
à toa
em vão
às claras
às avessas
por acaso
em geral
a medo
de bom grado
Locução adverbial de afirmação com certeza
sem dúvida
por certo
de fato
Locução adverbial de negação de forma alguma
de modo algum
de jeito nenhum
de maneira nenhuma
Locução adverbial de intensidade de muito
de pouco
de todo
em excesso
Locução adverbial de dúvida com certeza
quem sabe

Veja também: Locuções adverbiais.

Exercícios com advérbios

1. Identifique o advérbio presente nas frases seguintes e indique a circunstância que esse advérbio apresenta.

a) A nova diretora é bastante compreensiva.
b) Ele decerto cumprirá a sua inesperada promessa.
c) Falou depressa, como se não conseguisse conter as palavras.
d) Cedo ele entendeu que a vida é incerta.

a) bastante - advérbio de intensidade
b) decerto - advérbio de dúvida
c) depressa - advérbio de modo
d) cedo - advérbio de tempo

2. Em que grau se encontra o advérbio na frase “Vocês acordaram tardíssimo!”?

a) Grau comparativo de superioridade
b) Grau superlativo absoluto sintético
c) Grau superlativo absoluto analítico
d) Grau comparativo de inferioridade

b) Grau superlativo absoluto sintético

3. Nas frases seguintes, substitua as locuções adverbiais em destaque por um advérbio.

a) Ele irá com certeza esperar por você na portaria.
b) Em silêncio, levantou-se e saiu da sala.
c) De maneira alguma farei o que ele pede.
d) Tudo ficará resolvido em breve.

a) certamente
b) silenciosamente
c) não
d) brevemente

Para realizar mais exercícios sobre advérbios, veja também: Advérbios: exercícios com gabarito

Atualizado em
Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.